X

Tintos e Tantos Outros, o sabor e o saber do vinho

Os cinco mil anos da uva Moscatel

Sugerido por um amigo fui pesquisar a uva Moscatel e descobri que se trata de uma das uvas mais antigas, tem cerca de cinco mil anos. Seu nome em latim é “pianae”, que significa “preferida das abelhas”, levada da Grécia para a Itália, hoje é encontrada em todo o mundo.

A diversidade da Moscatel é imensa. Chegam a 150 variedades de cepas entre uvas brancas e tintas, viníferas e híbridas. É inconfundível seu aroma composto do perfume de uva madura, almíscar, mel, pêssego, damasco e um suave floral.

A uva Moscatel pode produzir desde vinhos secos, aromáticos e frutados, passando por espumantes e chegando aos de sobremesa, muitos deles naturalmente doces. Nenhuma outra casta tem tanta versatilidade.

No Brasil, a principal produção de vinhos com essa uva é a de espumantes. Com teor alcoólico um pouco mais baixo, doçura e perfume acentuado, é um vinho que conquista muitos paladares. A gaúcha cidade Farroupilha produz mais de 50% das uvas Moscatel do país.

No sul da França, são encontrados os fortificados (mais alcoólicos e doces); na Itália, a variedade Moscato Bianco é a base da composição do famoso espumante Asti da região do Piemonte, e a Moscatel de Alexandria compõe o vinho de sobremesa doce e dourado da Sicília, o especial Moscato de Pantelleria. Muito popular na Espanha e em Portugal, em especial o doce

Moscatel de Setúbal. E nos Estados Unidos, a variedade mais utilizada é a Moscato Canelli, enquanto o produtor sul africano utiliza a variedade tinta chamada de Muskadel em seus vinhos doces e rosados.

 

“Rolha – um objeto intruso de cortiça que fica entre uma pessoa e a felicidade”
@amantedovinhooficial

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Variedades

Cuidado! Conheça os riscos de um beijo

Especialista revela problemas que o ato pode causar

Guarujá

Caminhão pega fogo em Guarujá; VÍDEO

De acordo com nota da Prefeitura da cidade, ninguém ficou ferido

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter