COLUNA

Nos Bastidores do Santos FC

Comentar
Compartilhar
22 MAR 2019Por 11h30

Na Coluna desta semana, você vai saber que Peres não anda mais de Volvo; as divergências no novo estatuto do clube; novo processo de impeachment à vista; duas goleadas no Paulistão de 2004; o empréstimo de R$ 3 milhões e muito mais.


Devolvo o Volvo

O Jeep Compass que está com o presidente Peres é alugado pelo Santos, assim como o do Sampaolli e de outros. Um fato a apurar.

Devolvo o Volvo 2

Os automóveis da marca Volvo foram devolvidos, pois a fabricante não quis mais continuar a parceria. Então, todos os veículos, inclusive os três que estavam com Peres, mulher e filha foram devolvidos.

Novo estatuto

O novo estatuto do clube está dando o que falar. É motivo de divergência entre vários conselheiros. Muitos são contra e preferem discutir mais as mudanças.

Contas de 2018

O Conselho Gestor já encaminhou ao Conselho Fiscal, as contas de 2018, auditadas, as quais, após o parecer do Conselho Fiscal, serão encaminhadas à Mesa do Conselho, a fim de que seja designada data para a sua discussão e votação. Muitas notas explicativas e dúvidas causarão discussões. Correm risco de não ser aprovadas, o que poderá sujeitar o Presidente do clube a um novo processo de impedimento, de acordo com disposições estatutárias.

Risco ao Rollo

O vice-presidente Orlando Rollo, por outro lado, que dirigiu carta ao presidente do Conselho, comunicando o seu licenciamento por tempo indeterminado, alegando restrições que lhe foram impostas dentro do clube por portaria baixada por Peres, corre o risco também de um impedimento, visto que, sua conduta está sendo considerada como abandono do cargo, porque o Presidente por Portaria, não lhe poderia, nem pode, restringir os seus direitos que lhe são assegurados como vice, pelo Estatuto do Clube.

Lugar era do vice

Como Peres afastou-se do cargo, em virtude de estar fora do Brasil, já por certo tempo, quem deveria ter assumido o clube era Rollo, que se mantém afastado de acordo com o seu livre arbítrio e contrariando disposições estatutárias.

86 anos

De acordo com o historiador Guilherme Guarche, domingo, dia 24 de março, completam 86 anos que o campo do Santos passou a ter o nome do seu patrono e maior abnegado, Urbano Caldeira. A data marca a reunião na qual o diretor geral de esportes Ricardo Pinto de Oliveira, sugeriu e foi aprovado por todos, que o nome do campo passasse a ser estádio Urbano Caldeira. Antes a praça de esportes era só conhecida como campo do Santos.

15 anos atrás

Depois de duas goleadas no Paulistão/2019, ficou a dúvida: Quando isso aconteceu no campeonato estadual? Foi em 2004, o Santos perdeu para o Paulista por 4 a 0 e também para o São Caetano pelo mesmo placar.

Negócio da China

No Santos FC, a viagem de José Carlos Peres com Deus pra China foi apelidada como “Negócio da China”. Primeiro porque Deus reencarnou na comitiva. Depois, deixou o time sem receber o salário do mês, dois meses de imagem e todos os bichos do ano para passear pela Ásia. E trazer nada efetivo para o clube.

Empréstimos

Da China, José Carlos Peres tentou obter cerca de R$ 3 milhões emprestados junto ao presidente do Conselho, Marcelo Teixeira. A notícia foi veiculada no Blog do jornalista Menon no UOL. Teixeira não confirmou e nem desmentiu o pedido e Peres negou aos membros do Comitê Gestor que tivesse ocorrido. À Coluna, Teixeira disse: “ Hoje, ocupo a função de representante dos conselheiros na Mesa do Conselho Deliberativo, o que se torna inviável qualquer iniciativa nesse sentido”.

Credibilidade

Menon, ou Luis Augusto Simon, é um grande jornalista com passagens por Jornal da Tarde, Estadão, Trivella, ESPN e tem muita credibilidade. Não costuma publicar mentiras e nem fazer falsas promessas. Relata fatos!

E o estatuto?

Se Peres pediu, não se atentou ao Estatuto do clube que proíbe conselheiros de emprestarem recursos ao Clube, o que impossibilitou a ajuda de Teixeira.

Tiro no pé

O Estatuto em vigência do clube é de 2011, e foi apelidado pelo ex-presidente Luis Alvaro e pelo seu executivo e hoje conselheiro Fernando Marcos Silva como “Estatuto AntiTeixeira”. Era justamente para evitar esses empréstimos e a influência do ex-presidente no clube.

Verdade

Se pediu ou não pediu dinheiro para Teixeira ajuda financeira, só os dois sabem. A verdade é que o caixa do clube não anda bem. E Peres falou na boca pequena que ia trazer o Alexandre Pato da China e o lateral Jorge do Porto. Mas tem dinheiro pra isso?

Frustrou

Sampaoli treinou muito antes do jogo com o Botafogo com o atacante Kaio Jorge no time titular pela primeira vez. A atitude criou grande expectativa na torcida, no time e no jogador. No fim, frustrou a todos, pois o atleta não saiu do banco.

Tática Vampeta

O esquema de Sampaoli na derrota em Ribeirão Preto é nada argentino. Os torcedores apelidaram o desempenho do time de “Tática Vampeta – Eles fingem que pagam e a gente finge que joga”.

#FechadocomSampaoli

O fato do técnico argentino ter devolvido seu salário e só querer receber junto com o time fortaleceu o laço dele com o elenco. O que explica ou complica ainda mais a análise dessa derrota frente a um time quase rebaixado. Perdeu por quê?

Mentira

Sampaoli confirmou que devolveu seu salário ao Santos para receber junto com os jogadores na coletiva após a derrota para o Botafogo. Membro do Comitê Gestor representando o Santos no arbitral da próxima fase do Paulistão, José Carbone desmentiu Sampaoli e disse que o técnico “nunca” devolveu seu salário. Rota de atrito entre o Comitê Gestor e o treinador à vista. Quem ganha esse braço de ferro?

Te dou minha palavra

Ainda na Federação Paulista onde deu extensa coletiva, Carbone afirmou categoricamente que a situação financeira do Santos FC está “muito bem” cuidada. Prometeu pagar os débitos com o time profissional em 48 horas.

Eu sou ricooooo!

Carbone disse mais na coletiva da Federação. Lembrou que o Santos é rico. “Temos muito dinheiro pra receber”. Lembrou a personagem de sucesso de Carolina Ferraz na novela Por Amor, que ganhou fama ao gritar: “Eu sou ricaaaaa”. Esse discurso de Carbone não condiz com a realidade do Santos.

Errou feio

Carbone errou feio ao não brigar no Conselho Arbitral do Paulista para o Santos jogar a partida com o Red Bull na quarta. Ao aceitar a data, Sampaoli perdeu Derlis Gonzales, Cueva e Soteldo para as suas seleções. E ninguém cobrou Carbone….

Pior estreia

A participação no arbitral desta fase do Paulista foi a estreia de José Carbone como membro do CG do Santos tomando decisões sozinhos. No Conselho, é avaliado como a pior estreia solo de membro do CG. Afinal, prejudicou o time, arrumou confusão com o técnico e ainda disse que as finanças do clube estão sendo muito bem cuidadas.

Cheque de quem?

O Comitê Gestor comemora na tarde desta quinta (21) o recebimento de um empréstimo em cheque de R$ 3 milhões que serão usados para pagar os atletas direto na boca do caixa, sem circular nas contas do clube para não ser bloqueados por ações em vigência. O empréstimo veio de um santista “ilustre” de identidade não revelada.

E as receitas alternativas?

Estranho é que ninguém lembra nessa falta de dinheiro do Santos que o clube está sem patrocínio master e sem receitas alternativas.

Salve Jorge!

Membros do CG andaram espalhando para a imprensa que o lateral Jorge iria se apresentar para exames no sábado passado (16). O que não ocorreu. Ou ocorreu e o jogador estava bichado? A desculpa oficial é que o Porto faz exigências demais. Com a fama da atual diretoria do Santos, estão errados?

Garotos prodígios

Dois garotos prodígios da política santista estariam se encontrando muito. Dizem que começando um “namoro” que deverá ser oficializado em 2020. Trata-se do membro do Comitê Gestor, Pedro Doria Mesquita, e o conselheiro Milton Teixeira Filho.

Encontros públicos

Os encontros ocorreriam em locais de grande público perto da Vila. Três deles que chegaram à coluna foram no Posto Portal de Santos em frente à Santa Casa, no Spoletto, da Pinheiro Machado, e, no McDonalds, em frente à Santa Casa. Muita conversa que pode casar os sobrenomes ilustres dos Dorias, Mesquitas e Teixeiras nas urnas em 2020.

Nada disso!

Miltinho Teixeira informou que não tem se encontrado com Doria e que não tem afinidade política com ele. Disse ainda que só o cumprimentou e que não frequenta McDonalds e Spoletto, apenas as padarias da Cidade de Santos.

Da bola à cartola

Os ex-atletas e historiadores do Santos estão revoltados com a gestão Peres e articulam chapa própria em 2020. Os nomes à frente são Clodoaldo Tavares Santana e Manoel Maria, que seriam candidatos a presidente e vice.

Já foi

Vale lembrar que Clodoaldo foi vice-presidente do clube em uma das gestões de Samir Jorge Abdul-Hak.

Bençãos

Única certeza é que a chapa Clodoaldo-Mané tem a benção do Rei do Futebol.

Não recorreu

O Blog do Perrone, no UOL, trouxe a notícia que, ao contrário do que prometeu o presidente José Carlos Peres, ele não recorreu da decisão de 1ª Instância do processo da dívida de pouco mais de R$ 7 mil devido ao Bar Básico, em virtude do não pagamento da “Festa da Vitória” no dia da eleição.

Amadorismo

O que causa espanto a alguns conselheiros é ver Peres prometer recorrer e perder o prazo para fazê-lo. A dúvida é de onde estão vindo esses advogados. Serão todos de Curitiba?

Rindo à toa

Um dos que têm espalhado essa notícia entre os conselheiros e a mídia do clube é o ex-gerente jurídico de Peres e também conselheiro, Daniel Bykoff. Ele diz que em sua época (que durou cerca de cinco meses apenas) isso nunca ocorreu.

Caneta da Patrulha

Lamentável a atitude da oposição santista que tem perseguido membros da imprensa reescrevendo notícias da maneira que eles acham que deveriam ser produzidas. Jornalismo relata fatos e não interesses.

Concordou

O apresentador Armando Gomes no Esporte por Esporte de quarta (20), concordou com nota desta coluna que analisa o alto número de bolas recuadas por Aguillar e outros zagueiros para Vanderlei. Parece que a intenção é levar o goleiro bicampeão paulista no Santos (15/16) a erro para sair do time, forçando o advento de Everson, contratação de Sampaoli.

Aniversário

No próximo dia 14, o Santos comemora 107 anos. Até agora a diretoria não divulgou nenhum evento comemorativo para a data. Conselheiros temem que mais uma vez, a gestão de Peres não faça nenhum evento comemorativo na Vila Belmiro, como ocorreu em 2018.

Festa do Peixe

O jornalista e conselheiro Armando Gomes e o Carlinhos da Padaria Santista vão fazer uma festa comemorativa do aniversário do Santos FC. Será a “Festa do Peixe”, que ocorrerá no dia 12 de abril (sexta) no Restaurante Maximis, na Av. Conselheiro Nébias com a Rua Machado de Assis. Convites já à venda com os dois organizadores.

Vai entender?

Falando em Esporte por Esporte, causou muito rebuliço a entrevista do gestor Pedro Doria Mesquita no programa do último domingo (17). Entre diversos absurdos, o gestor disse que a contratação de Leandro Damião, promovida por Odílio Rodrigues, que custou muito e teve que ser paga quase que duas vezes, graças a uma operação financeira nefasta com o Grupo Doyen não foi o problema. O problema foi o acordo feito por Modesto Roma que equacionou a dívida em menos de 60%. Vai entender?

Analisando

As falas de Doria revoltaram os correligionários de Roma. O ex-presidente encaminhou vídeo do programa ao seu departamento jurídico para estudar providências.

Certeza

Única certeza é que a advogada Fátima Cristina Bonassa Bucker vai processar Doria Mesquita devido às ofensas e insinuações que ele proferiu contra ela no programa.

Não convidem

Não convidem para tomar uma cerveja na caneca do Peixe no pagode do Bar Básico o conselheiro do Santos e advogado das organizadas Mário Badures e Rachid Bourdokan, que renunciou recentemente ao Conselho do clube. O bicho pegou entre os dois e Badures enquadrou Rachid, que é conhecido como “homem do taco”.

Reunião

Quem participou da reunião de alguns sócios com o marketing e gestores garante que o resultado do encontro não foi nada produtivo. Nada proposto era realizável segundo os representantes do clube presentes.

Reabertura da Vila

A Vila Belmiro será reaberta dia 11, na partida de volta da Copa do Brasil com o Atlético Goianiense. A altura dos novos alambrados preocupa alguns conselheiros. É pequeno e um convite a arremessos de objetos e invasão. Se o dia for do Atlético Goianiense, há quem garanta que a Vila corre risco de ser interditada devido a possível revolta da torcida.

Guarujá futsal

Depois de oito anos, a Baixada Santista contará com um time no Campeonato Paulista de Futsal da Divisão Principal. Será o Guarujá Futsal/ Associação Família 1912/União Santista/Sedel Guarujá. A equipe é fruto da união do Guarujá Futsal com a Associação Família 1912, muito ativa na política do Santos. A estreia é no dia 25, contra o Corinthians, na Fazendinha. A Região não tinha time na Divisão Principal desde 2011, quando o Santos FC, de Falcão, foi vice-campeão.

Tchau, Renato

Renato vai mesmo deixar o cargo de Executivo de Futebol do Peixe. Alega problemas particulares, mas, aos amigos confessa que não sabe como ajudar o clube se Peres não escuta ninguém, faz as coisas sozinho e atrasa o salário do time.

Rocha vem aí

O Comitê de Gestão estuda nomes para o lugar de Renato. É quase certo que a vaga será de Ricardo Rocha, que teve experiência no cargo no São Paulo o ano passado. Rocha atuou no Santos FC em 1993, contratado pelo então presidente Marcelo Teixeira, portanto tem laços com o clube.

Quinto

Será o quinto Executivo de Futebol contratado nessa gestão em menos de 1 ano e meio. Começou com Gustavo Oliveira, William Capita, Ricardo Gomes, Renato Dirnei.

Economia burra

O repórter Alex Sabino, da Folha de SP, denunciou nesta quinta (21), que o Santos não enviou nenhum representante para retirar os 40% da renda que tinha direito da partida com o Altos do Piauí, pela Copa do Brasil por “economia” do Presidente Peres.

Economia burra 2

A mesma reportagem alega que Peres, na mesma viagem ao Piauí, questionou a obrigatoriedade da presença de membros do CG, dos roupeiros e do preparador de goleiros. Sugeriu que os goleiros treinassem entre si e cada atleta levasse suas roupas.

No dos outros …

Há 10 dias na China, Peres levou, entre outros, a mulher Maria de Lourdes Rocco. Peres diz que os chineses bancaram tudo, mas há quem garanta que esses recibos chegarão ao clube.

A conferir.

Contraponto