COLUNA

Nos Bastidores do Santos FC

Glauco Braga

Coluna "Nos Bastidores do Santos FC" passa a ser divulgada toda semana aqui neste espaço. Vamos abordar a política do clube da Vila Belmiro e suas consequências. Boa leitura!

Nos Bastidores do Santos FC

Comentar
Compartilhar
15 MAR 2019Por Glauco Braga08h00

Na Coluna desta semana, você vai saber alguns detalhes da viagem de José Carlos Peres à China; que não vai ter festa no aniversário do clube em abril; que a dívida do clube cresceu em 2018; o adeus a Coutinho e muito mais.

Faltou com a verdade?

Caiu por terra a declaração do presidente do Santos, José Carlos Peres, de que viajou “só ele e Deus” para a China a fim de trazer investimentos para o Retrofit da Vila. Coordenadora de Assuntos internacionais da Prefeitura de Santos, a jornalista Paulo Quagliato, publicou foto ao lado de Peres e da esposa, Maria de Lourdes Rocco, de um representante de uma universidade e do dono de escolinha do Santos na China, franquia fechada na gestão Modesto Roma pelo vice César Conforti. Na pauta, a criação de perto de mil escolinhas de futebol do Santos no país comunista.

Comemorou

Peres e Paulo Alexandre Barbosa fizeram as pazes? É o Santos FC ou a Prefeitura que está pagando a viagem da funcionária pública?  Uma postagem aponta que eles estavam em Meizhou, Província de Gangzhou.

Não respondeu

A coluna fez contato duas vezes com Peres e ele não respondeu. Já a Prefeitura de Santos disse o seguinte: "a coordenadora de Assuntos Internacionais, Paula Quagliato, está em missão oficial, para buscar parcerias relacionadas ao mercado esportivo, por convite do governo de Meizhou e sem custos para o Município. Além disso, há a intenção de aproximação para celebração de irmanação com a cidade chinesa".

Fotógrafo oficial?

Um chinês informante da coluna diz que quem “clicou” a foto foi o empresário Renato Duprat, eminência parda da gestão Peres.

Sem festa

A Coluna apurou que dificilmente o Santos Futebol Clube realizará o tradicional jantar de aniversário, em abril. O motivo é o de sempre: falta de dinheiro.

Contas de 2018

As contas de 2018 do clube, auditadas, apenas, parcialmente, já chegaram ao Conselho Deliberativo e foram encaminhadas, ao Conselho Fiscal, que está preparando o parecer. E pensamento do presidente Marcelo Teixeira e da Mesa do Conselho encaminhá-la para apreciação da assembleia já designada,  inicialmente, para o dia 27 deste mês. Salvo se o conselho fiscal nao concluir o seu parecer  até o dia dia 22, isto e, até três dias antes da data já marcada para a realização da assembleia, de tal modo a que possam ser publicados os editais de convocação. Ao que se sabe, a dívida do clube cresceu muito.

Nunca perdeu no Paulistão

O craque Coutinho nunca perdeu para o Corinthians em partidas  do Campeonato Paulista. Só ´foi derrotado em duas partidas válidas pelo torneio Rio-São Paulo. Ele é o mais jovem jogador a marcar um gol com a camisa do Santos, tinha 14 anos e 11 meses em 1958.

Adeus a Coutinho

Foi comovente o adeus ao gênio Coutinho na Vila Belmiro. Em especial a chuva de fogos articulada pelo conselheiro Alberto Francisco de Oliveira, o Alemão, que cuidou pessoalmente de todo o trâmite e apoiou a família após a tragédia que comoveu o futebol mundial essa semana.

Desfile de candidatos

O velório foi um desfile de candidatos a presidente em 2020. Todos compareceram com seus aliados de sempre, conversando com associados presentes.

Sala Tite

Passou da hora do Santos estruturar de fato um departamento de Veteranos para dar suporte aos ex-atletas. Sala pra isso já existe e se chama Augusto Vieira de oliveira, o Tite, no terceiro andar da Vila. Cabe a gestão estruturar o setor com funcionários e aumentar a demanda de serviço do Assistente Social do clube, para que ele acompanhe esses atletas que fizeram a história do Peixe e que precisam de assistência.

Inconformismo

Causou revolta em alguns conselheiros a demora do clube em disponibilizar o Salão de Mármore para o Velório de Coutinho. Levou três horas para aprovação, que não partiu de nenhum gestor, mas do presidente do Conselho, Marcelo Teixeira, que estava em férias em Miami.

Mausoléu do Santos
O Cemitério Memorial, em Santos, poderia tentar junto aos familiares uma forma de eternizar o famoso “Quinteto Mágico” do Santos. Por que não erguer um Mausoléu que abrigaria todos os atletas que passaram e fizeram história pelo Alvinegro, começando por Coutinho? Em Buenos Aires, o principal cemitério de lá faz parte do roteiro turístico.

Professor Pardal?

O treino do Santos de quarta-feira, dia 13, causou estranheza e foi histórico no clube. Sampaoli treinou pela manhã apenas os defensores. À tarde apenas os meio-campistas e atacantes. A novidade causou estranheza no elenco e na imprensa. Se o futebol é coletivo, o atacante não tem que saber o que o defensor vai fazer e vice-versa? Pela primeira vez na história de mais de 100 anos do Peixe isso ocorreu.

Matheus Ribeiro x Daniel Guedes

Outra dúvida das invenções de Sampaoli é a paixão do argentino pelo lateral Matheus Ribeiro em detrimento do também lateral Daniel Guedes, que acabou emprestado ao Goiás. No clássico contra o Corinthians, Sampaoli colocou Ribeiro de meia direita, quando sua posição é de lateral, e nunca testou Guedes, que chegou a colocar Victor Ferraz no banco.

Admitiu

Sampali admitiu pós o jogo do Corinthians que errou na proposta tática da partida. Essa confissão fez com que fosse apelidado de" Luxemburgo com as Sandálias da Humildade".

Fominha

O goleiro Vanderlei em coletiva nessa semana, admitiu que é contra o revezamento dos goleiros no clube e que é fominha, quer jogar todas. Fez respeitando o técnico e o goleiro Everson contratado por ele.

Tá explicado!

A declaração, para alguns conselheiros e sócios, explica as atuações medianas de Vanderlei na temporada. A falta de motivação e confiança do técnico está desanimando a muralha santista.

#fechadocomsampaioli

O colombiano Felipe Aguillar parece estar fechado com as ideias de Sampaoli. Basta observar a quantidade de passes que ele dá para o goleiro Vanderlei durante a partida. Mais da metade deles são desnecessários. Parece que está apostando que Vanderlei erre com os pés e comprometa sua titularidade.

Boca fechada

Revoltou a torcida santista a entrevista do ídolo Elano a um veículo inglês onde admite ter pedido a Messi que ele e o Barcelona tirassem o pé na final do Mundial de 2011.

Dorval impactado

Companheiro de Pelé e Coutinho no Bi-Mundial e primeiro nome do Ataque do Século, o ponta Dorval sentiu demais a perda do amigo. Morando sozinho em Santos, o atacante recebeu a notícia pessoalmente em casa e se emocionou demais, indo imediatamente à casa do amigo e depois ao velório. Dorval chegou a dizer que era o próximo a ser escalado por Deus!

Imprensa oficial?

Causou estranheza durante o velório de Coutinho a proximidade entre um setorista do Santos de um importante site esportivo com o gestor Pedro Doria Mesquita. O tempo todo do velório o intrépido repórter estava ao lado ou próximo do “Menino de Ouro” de Peres.

Força estranha

Outra proximidade que causou espantou foi de aliados de primeira hora de Marcelo Teixeira com Odir Cunha. Juntinhos durante todo o velório um conselheiro ligado a Teixeira e o intrépido jornalista.

O senhor Quem!

Supervisor Administrativo do Peixe, o engenheiro elétrico Fernando Volpato, oriundo de Curitiba, circulava sozinho durante o velório. Ninguém o abordava.

Emoção de Cosmo

Um dos momentos marcantes da hora da saída do corpo da Vila foi na rua. O eterno presidente da Torcida Jovem e fundador da agremiação, Cosmo e Damião, fez questão de balançar a bandeira da torcida com a imagem de Coutinho. Fez aos prantos!

Aquele jeitinho

É impressionante o número de conselheiros que possui parentes trabalhando na Vila, a maioria de integrantes de comissões do Conselho que devem fiscalizar a gestão. Parece o famoso “toma lá, da cá” bem famoso no mundo da política.

Cuidando da própria safra

Gerente de Futebol de Base do Peixe, Marco Maturana, está há mais de uma semana sem aparecer na Vila. Viajou para sua fazenda ver a safra de trigos e suas cabeças de gado. Conselheiros questionam se ele tem direito a férias, se é contratado por prestação de serviço. Maturana está cuidando da safra errada.

Indiana Jones

O Santos demitiu a equipe da Santos TV e parece que contratou para o lugar o premiado cineasta George Lucas, criador das franquias de Star Wars e Indiana Jones. Nessa semana, a emissora do clube veiculou extenso vídeo que mostra o jornalista Odir Cunha, conhecido como Espírito Santo da Santíssima Trindade, ao lado do historiador Carlos Pierin (filho do ex-jogador Lalá) e o escritor José Roberto Brandi procurando troféus “perdidos” dentro da Vila Belmiro. Vários santistas reclamaram que faltou o famoso chapéu de Harrison Ford em “Indiana Jones” na cabeça de Cunha, que fala sozinho quase que todo o vídeo como se fosse o “mocinho” do filme.

Valor a que tem!

A verdade é que nenhum troféu pode ser considerado “perdido” se está na propriedade do clube, na Vila Belmiro. Os troféus estão sem catalogação. A verdade é que Brandi faz esse trabalho sozinho há mais de uma década no clube. Os outros que aparecem no vídeo quiseram é ser Indiana Jones, mas são somente “atores coadjuvantes” da ação porque se “autoescalaram” no vídeo. Triste esse papel!

Atrasado

Os salários de todos funcionários e atletas do Santos FC estão atrasados. A promessa é equacionar tudo até dia 15, nesta sexta-feira.

Medo

Conselheiros sabedores do atraso estão preocupados que o clube não quite tudo antes da semifinal do Paulista. Pague, inclusive, a imagem e a premiação dos atletas, com temor que o time tire o pé na semifinal estadual, quase certa com o Red Bull.

Segundas, às 9 horas

Todas as segundas-feiras, das 9 às 10 horas, acompanhe o programa "Santos em Off no Ar", na Rádio da Vila. Baixe o Aplicativo ou assista ao vivo no Facebook da Rádio da Vila ou pelo Youtube. Tudo sobre o Santos Futebol Clube. Mande sua pergunta pelo whatsapp 13-982266575.

À Conferir.

Contraponto