X

De olho no Poder

Presidente do MDB-SP diz que Guilherme Boulos 'espalha fake news' após multa

O presidente do diretório municipal do MDB da Capital, Enrico Misasi, disparou contra Guilherme Boulos (PSOL) após o pré-candidato à Prefeitura de São Paulo ser condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) nesta quinta-feira (11) a pagar uma multa de cerca de R$ 53,2 mil. O psolista foi acusado de deturpar pelas redes sociais o resultado de uma pesquisa eleitoral no início de março. “Ainda faltam seis meses para a eleição municipal de 2024 e o pré-candidato a prefeito da extrema esquerda Guilherme Boulos já foi condenado por espalhar fake news. Terá, inclusive, de pagar multa pelo erro grotesco. Uma vergonha”, escreveu Misasi. Procurada pela coluna, a equipe de Boulos informou que iria recorrer da multa determinada pelo juiz eleitoral Antonio Maria Patiño Zorz.

Tabata sem marqueteiro

O marqueteiro Pablo Nobel deixou a pré-campanha da deputada federal Tabata Amaral (PSB) à Prefeitura de São Paulo. A decisão se deu na noite de quinta-feira (11). Segundo apuração da coluna, entre as causas estão divergências na linha de comunicação e também recursos para manter os trabalhos.  A pré-campanha de Tabata, porém, afirmou que a decisão de encerrar a parceria foi entre ambas as partes e negou dificuldades financeiras.

CPI dos cemitérios

O vereador Arselino Tatto (PT) protocolou nesta semana um requerimento para a criação de uma CPI na Câmara Municipal de São Paulo. A intenção é investigar possíveis irregularidades e ilegalidades na execução de contratos de concessão dos serviços funerários da Capital. Em 2023, a prefeitura passou a gestão dos cemitérios e das agências funerárias para a iniciativa privada, por meio de quatro consórcios.

Serviços mais caros

Segundo Arselino, um ano depois os serviços disponíveis para a população ficaram cerca de 400% mais caros. "Estão transformando o serviço funerário em um negócio rentável para o bolso de alguns. Enquanto isso, a população pobre não consegue usufruir da gratuidade das taxas de sepultamento e exumação que são direitos criados e garantidos a partir de duas leis de minha autoria”, disse Tatto. “Se alguém está lucrando com a privatização, nós vamos descobrir quem é, para isso serve a CPI”, afirmou ainda o parlamentar.

Vale do Ribeira

O deputado estadual Paulo Corrêa Junior (PSD) anunciou apoio à pré-candidatura de Junior Solposto (PL) à Prefeitura de Eldorado nas eleições deste ano. Ambos estiveram juntos na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) nesta semana. Solposto é vice-prefeito do município do Vale do Ribeira e se filiou recentemente ao PL para disputar a prefeitura. A pretensão é a de representar o campo da direita na cidade, justamente pelo alinhamento ao bolsonarismo.

Foto: Divulgação

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Eles estão chegando! Estradas até o Litoral Paulista têm 12 km de lentidão

Cônego Domênico Rangoni, Anchieta e Imigrantes têm congestionamento

Cotidiano

Tudo travado! Imigrantes tem 2 km de lentidão por conta de acidente

Tráfego lento acontece no sentido Litoral Paulista

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter