It: Capítulo 2 é a grande estreia da semana

Com a sequência da obra "It: A coisa", de 2017, a Warner Bros, distribuidora do longa, visa arrecadar cerca de US$ 90 milhões.

Comentar
Compartilhar
08 SET 2019Por Luiza de Oliveira10h08
O lançamento It: Capítulo 2 tem chances de se tornar o filme de terror com a maior bilheteria.Foto: REPRODUÇÃO

Na última quinta-feira (5), estreou nos cinemas o filme It: Capítulo dois. Com grandes chances de se tornar o filme de terror com a maior bilheteria em um fim de semana de estreia, a obra é uma continuação do clássico inspirado nos livros de Stephen King. A primeira parte, It: A Coisa, lançada em 2017, arrecadou nos cinemas um pouco mais de US$ 700 milhões.

Também dirigido por Andres Muschietti, a sequência dá um salto de vinte e sete anos com relação ao primeiro filme. A produção narra o retorno do Clube dos Otários, já adultos, a cidade de Derry, com o propósito de dar fim ao palhaço Pennywise. Honrando a promessa feita pelo grupo na obra de 2017, Mike convoca os antigos amigos, Bill, Beverly, Ritchie, Ben e Eddie.

Já quanto ao elenco adulto, ele é integrado por Bill Hader e James Ransone, como a dupla Richie e Eddie, James McAvoy como Bill, Jack Ryan como Ben, Isaiah Mustafa como Mike e Jessica Chastain como Berverly.

Embora sombrio, o filme conta com elementos de aventura, drama e comédia. Com 169 minutos de duração, a Warner Bros, distribuidora do longa, pretende arrecadar cerca de US$ 90 milhões neste primeiro fim de semana.

IT: A COISA

Baseado no livro homônimo de 1986, a primeira sequência do filme conta a história de sete crianças na cidade de Derry Maine. A história tem início com o assassinato de Georgie Denbrough em um dos bueiros da cidade, durante uma tempestade. Irmão mais velho de Georgie, Bill e seu grupo de amigos iniciam uma busca pelo assassino.

Logo, eles descobrem que Georgie foi assassinado por Pennywise, uma criatura metamorfa que sequestra crianças para devorá-las. Alimentando-se de seus medos, Pennywise assume a forma dos maiores medos de suas presas, afim de intimidá-las.

Aclamado pelas críticas, o elenco do primeiro filme é bem dirigido. Integrado por minorias - um gordo, um negro, um judeu, um garoto sempre doente, uma garota sexualmente ativa - o grupo não é retratado como vítimas pelo roteiro.

Ambientado na atmosfera dos anos 80, em uma cidade mediana da América, a produção apresenta cenários e figurinos fiéis, os quais não possuem a finalidade de atrair os olhares para si próprios.

IT.

Interpretado por Bill Skarsgård, Pennywise, ou It na obra original, o personagem de Stephen King veio à Terra através de um evento similar ao impacto de um asteroide, com aterrissagem no lugar o qual viria a se tornar a cidade de Derry Maine.

Logo, eles descobrem que Georgie foi assassinado por Pennywise, uma criatura metamorfa, na maioria das vezes vista na forma de um palhaço, que sequestra crianças para devorá-las. Alimentando-se de seus medos, Pennywise assume a forma dos maiores medos de suas presas, afim de intimidá-las.

Na trama de Stephen King, a presença de It, mesmo que em hibernação, favorecia o esquecimento, a apatia e desistência, de maneira que diversos crimes não fossem solucionados ou investigados profundamente. Além disso, It detinha poder sobre os esgotos do município, influenciando os cidadãos enquanto dormiam.

A OBRA

Lançado em setembro de 1986, nos Estados Unidos, o romance de Stephen King é dividido em duas partes, integradas pelo período infantil dos personagens e a fase adulta, após 27 anos depois, com o retorno de Pennywise.

Muito além do terror, a obra fala sobre amizade. Como no conhecido estilo de filmes dos anos 1980, o livro fala sobre como as crianças provam sua amizade umas às outras enquanto tentam salvar o mundo. Já no caso de It, o mesmo acontece 27 anos depois.

O livro possui cerca de 1.100 páginas e recebeu uma adaptação para uma série de TV, no ano de 1990. Mais tarde, mais precisamente no ano de 2017, foi adaptado para um filme, o qual teve sua segunda parte estreada na última semana.