GOVERNO SAUDE

Thiago Martins rebate críticas e diz que não é contra cotas

Ao youtuber Bruno Simone, Thiago disse que é "contra e dói em mim, a cota é vergonhoso no país".

Comentar
Compartilhar
18 JAN 2020Por Folhapress19h46
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Thiago Martins, 31, atualmente no ar como o Ryan da novela "Amor de Mãe" (Globo), usou as redes sociais nesta sexta (17) para rebater uma série de críticas que recebeu após uma entrevista sobre cotas.

Ao youtuber Bruno Simone, Thiago disse que é "contra e dói em mim, a cota é vergonhoso no país". O vídeo gerou enorme repercussão negativa para o ator.

Mas ele decidiu esclarecer a situação. Em sua conta no Instagram, disse que é contra o sistema, e não contra as cotas em si.

"Sou contra o sistema e não contra as cotas! Sou cria da favela do Vidigal, tenho consciência da minha cor e vi de perto a discriminação. Aliás, vejo até hoje", escreveu.

"Tenho amigos do Nós do Morro que não tiveram a mesma oportunidade que eu", disse sobre o grupo teatral, "e isso só reforça que o preconceito não acabou, ainda temos um longo caminho a percorrer".

"Infelizmente vivemos em um país racista e preconceituoso. Hoje tenho consciência do lugar de privilégio que alcancei. Acredito que o Brasil só vai pagar sua dívida histórica quando tiver políticas públicas que garantam a todos igualdade de condições e oportunidades de desenvolvimento."

"Cotas não são esmolas, é o mínimo que o Estado pode fazer para uma reparação histórica e cultural. Enquanto os negros não forem maioria nas unidades e nos lugares de poder, nada vai mudar. Repito: o que quis dizer é que sou contra o sistema, e não contra as cotas! Antes do ataque, estou aberto ao diálogo. Acredito que assim chegaremos a lugares melhores", finalizou.