X
Brasil

Termina nesta quinta inscrição do Sisu de meio do ano; saiba o que fazer

Nesta edição no meio de ano, são ofertadas 51.913 vagas para cursos em 63 universidades públicas que começam no segundo semestre deste ano

As inscrições só podem ser feitas pela internet / Divulgação

Termina nesta quinta-feira (1º), às 23h59, o prazo de inscrição para o Sisu (Sistema de Seleção Unificado), programa que seleciona vagas em universidades públicas por meio de nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Nesta edição no meio de ano, são ofertadas 51.913 vagas para cursos em 63 universidades públicas que começam no segundo semestre deste ano. As inscrições só podem ser feitas pela internet.

Quem deixou para fazer a inscrição precisa ficar atento às instabilidades do sistema, que apresentou falhas na segunda-feira (29) e prejudicou 600 mil candidatos.

Durante a inscrição, cada candidato pode escolher até duas opções de curso e poderá alterá-las ao longo do processo ou até cancelar a sua inscrição. O sistema somente considerará válida a última inscrição confirmada.

Estudantes de qualquer lugar do país podem disputar uma vaga nas instituições de ensino que aderiram ao programa. O candidato, no entanto, tem que ter feito a prova do Enem em 2016 e tirado nota acima de zero na redação.

Nesta edição de meio de ano, o Sisu oferece vagas para 1.462 cursos. O Estado com mais instituições com vagas disponíveis é Minas Gerais, seguido por Rio, Bahia e Rio Grande do Sul.

O resultado será divulgado em 6 de junho e os candidatos selecionados poderão efetuar suas matrículas na instituição para a qual foram selecionados entre os dias 9 e 13 do mesmo mês. A convocação dos candidatos em lista de espera será feita pela própria instituição, a partir de 26 de junho.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Bolsonaro recebe mensagem do papa Francisco em missa de sétimo dia de sua mãe

Apesar de sua proximidade com os evangélicos, o presidente é católico

Esportes

Santos cria preparação especial pós-Covid e seguirá desfalcado no Paulista

No retorno ao CT Rei Pelé após a quarentena, os atletas passam por exame cardiológico e, quando liberados, iniciam os treinos com 60% da carga física

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software