Governo do SP educacao
Governo do SP educacao mob

Tenente Coimbra pede agilidade na análise de mortes ou invalidez de servidores da segurança pública infectados pela Covid-19

Parlamentar pede que o governador interceda junto à Secretaria da Segurança Pública do Estado

Comentar
Compartilhar
19 MAI 2020Por Da Reportagem16h15
Tenente Coimbra: "“Nosso estado, infelizmente, é o epicentro da pandemia no Brasil"Foto: DIVULGAÇÃO

O deputado estadual Tenente Coimbra solicitou ao governador João Doria agilidade na apuração em casos de morte ou invalidez permanente de militares e servidores da segurança pública infectados pelo novo coronavírus. O documento foi protocolado no último sábado (16) na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

Na indicação, o parlamentar pede que o governador interceda junto à Secretaria da Segurança Pública do Estado para que seja realizada a edição do documento de orientação conforme determinado o nexo causal entre o contágio e as hipóteses previstas na Lei Estadual nº 14.984, de 12 de abril de 2013, com objetivo garantir rapidez nos procedimentos de apuração em casos de morte ou invalidez de militares em decorrência da Covid-19.

“Nosso estado, infelizmente, é o epicentro da pandemia no Brasil. Não podemos medir esforços para ajudar os profissionais que arriscam suas vidas todos os dias para garantir a segurança das pessoas, além da prevenção e repressão ao crime, esses heróis atuam em barreiras de fiscalização nas ruas, orientando a população com alto grau de exposição”, diz.

Um levantamento realizado pela Revista Piauí junto às secretarias de Segurança do país mostra que pelo menos 7,3 mil policiais militares, policiais civis e bombeiros já foram afastados do serviço por suspeita de contaminação pelo novo coronavírus. Em São Paulo, de acordo com a corporação, seis policiais já morreram em decorrência da doença.