São Paulo chega ao maior número de mortes registradas em 24 horas

Estado teve 389 mortes confirmadas pela Covid-19 de terça para esta quarta-feira, um recorde desde o início da pandemia

Comentar
Compartilhar
17 JUN 2020Por Da Reportagem19h05
Semanalmente, às quartas, a gestão Doria faz um balanço do chamado Plano SPFoto: Agência Brasil

O Estado de São Paulo teve 389 mortes confirmadas pela Covid-19 de terça (16) para esta quarta-feira (17), um recorde desde o início da pandemia. O estado contabiliza 11.521 mortes ao total e 191.517 casos do novo coronavírus.

O número de mortes nas últimas 24 horas não significa que, necessariamente, essas pessoas morreram nesse período, mas que houve o registro do óbito pelo governo do Estado.A taxa de letalidade da doença no Estado é de 6%, superior à média nacional, que é de 4,9%, de acordo com informações da Secretaria Estadual da Saúde.

Há uma taxa de ocupação de UTIs dedicadas ao coronavírus de 67% no Estado e de 71,3% na região metropolitana da Capital

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, o coordenador do Centro de Contingência ao Coronavírus de São Paulo, João Gabbardo, afirmou que as recentes aglomerações vistas nas ruas da capital preocupam.

"Claro que essa aglomeração nos preocupa e muito. As orientações são claras de quem deve e quem pode sair”, afirmou.