Só faltava essa: Aranhas gigantes invadem bairro e assustam moradores

A espécie em questão se assemelha à armadeira, que, além de maior que as outras, também pode ser perigosa para os humanos

Comentar
Compartilhar
08 MAI 2021Por Folhapress13h12
A armadeira, aranha do gênero Phoneutria, também é conhecida como aranha-macaco ou aranha-de-bananeira.A armadeira, aranha do gênero Phoneutria, também é conhecida como aranha-macaco ou aranha-de-bananeira.Foto: Reprodução/Redes Sociais/Flávia Prado

Moradores do bairro Buritis, na região oeste de Belo Horizonte, ficaram aterrorizados com uma visita inesperada dentro dos apartamentos: aranhas "gigantes", com cerca de 15 centímetros e aparência silvestre.

Flávia Prado foi uma das pessoas que avistou o aracnídeo. A administradora fotografou ontem o "bichinho" escalando o teto de sua casa, no 8º andar do prédio, localizado em uma região bastante urbanizada.

"Fiquei muito desesperada! Como tenho filhinhas pequenas, eu logo pensei: vai matar minhas meninas!", comentou ela, em relato ao UOL. Dias antes deste registro, outro exemplar da aranha foi visto pelos moradores na área privativa do condomínio.

A espécie em questão se assemelha à armadeira, que, além de maior que as outras, também pode ser perigosa para os humanos, já que é peçonhenta e tem picada dolorosa.

Depois que Flávia postou a foto em um grupo do bairro no Instagram, diversas pessoas da região afirmaram que também presenciaram a mesma cena e, em alguns momentos, questionaram "qual bicho seria esse".

A armadeira, aranha do gênero Phoneutria, também é conhecida como aranha-macaco ou aranha-de-bananeira, pertencentes à família dos ctenídeos. 

O nome comum armadeira vem da sua posição de ataque, quando as patas dianteiras ficam erguidas e rígidas.

Geralmente, elas entram em ambientes habitados por humanos quando estão à procura de comida ou mesmo de abrigo, e se escondem em roupas, armários e sapatos. Quando incomodadas, podem picar de maneira "furiosa" para se defender.