GOVERNO SAUDE

Segurança externa de presídio em Brasília será feita pelas Forças Armadas

Caberá ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, definir a alocação dos meios disponíveis e o raio de atuação dos militares no perímetro externo do presídio

Comentar
Compartilhar
10 FEV 2020Por Agência Brasil17h15
O emprego das Forças Armadas será realizado em articulação com as forças de segurança pública do Distrito FederalFoto: Agência Brasil

As Forças Armadas vão fazer a segurança externa da penitenciária federal, em Brasília. O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro está publicado na edição desta segunda-feira (10) do Diário Oficial da União.

“Fica autorizado o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem, no período de 7 de fevereiro a 6 de maio de 2020, para a proteção do perímetro externo da penitenciária federal em Brasília, Distrito Federal”, diz o documento.

Caberá ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, definir a alocação dos meios disponíveis e o raio de atuação dos militares no perímetro externo do presídio.

O emprego das Forças Armadas será realizado em articulação com as forças de segurança pública do Distrito Federal com o apoio de agentes penitenciários do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Segurança Pública, diz ainda o decreto.