X
Brasil

Sapucaí teve 148 atendimentos médicos até as 2h deste sábado

Mal-estar provocado pelo forte calor, hipertensão e traumas ortopédicos leves foram as principais causas de atendimento.

O forte calor no Rio fez com que muitos foliões procurassem ajuda médica. / Fotos Públicas/Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde registrou 148 atendimentos médicos nos sete postos montados no Sambódromo do Rio de Janeiro até as 2h deste sábado (10), primeira noite de desfiles no carnaval deste ano. Segundo a secretaria, seis pessoas foram transferidas para unidades de saúde da rede municipal.

Mal-estar provocado pelo forte calor, hipertensão e traumas ortopédicos leves foram as principais causas de atendimento.

Uma equipe formada por cerca de 200 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de apoio administrativo, faz o plantão nos postos de atendimento, com o apoio de ambulâncias UTIs para casos que precisem de remoção.

De acordo com a secretaria, a Central Municipal de Regulação dá suporte às transferências de pacientes. Os hospitais da rede municipal de saúde estão de prontidão, preparados para receber os casos mais graves.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Cubatão reduz para 4 meses o intervalo da dose adicional da vacina

A nova orientação vale para todas as pessoas a partir de 18 anos que tomaram as duas doses há pelo menos 120 dias

Polícia

Polícia Civil prende mulher traficando drogas em Peruíbe

A equipe realizava diligências em um ponto conhecido como "Biqueira da vinte e seis"

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software