Quatro socorristas são atropelados ao prestar atendimento na Rodovia Santos Dumont; uma não resistiu

Segundo informações da delegacia da cidade, para onde o caso foi encaminhado, uma moto atropelou um dos socorristas. Em seguida, um carro modelo KIA Picanto atropelou os outros três que atendiam uma pessoa do carro que havia capotado.

Comentar
Compartilhar
21 JAN 2018Por Folhapress16h13
Na rede social, família informa o falecimento de Liliane, 36 anos.Foto: Facebook/Divulgação

Quatro funcionários da concessionária Colinas foram atropelados na noite de ontem, enquanto atendiam a uma ocorrência de capotamento da Rodovia Santos Dumont (SP-075), na cidade de Indaiatuba.

Segundo informações da delegacia da cidade, para onde o caso foi encaminhado, uma moto atropelou um dos socorristas. Em seguida, um carro modelo KIA Picanto atropelou os outros três que atendiam uma pessoa do carro que havia capotado.

Chovia forte no momento dos acidentes, que ocorreram na altura do KM 58. O motociclista fugiu sem prestar socorro. A motorista do segundo veículo não teve ferimentos, mas ficou em estado de choque.

Os funcionários ficaram gravemente feridos. Dois foram levados para o Hospital Augusto de Oliveira Camargo, em Indaiatuba, um foi encaminhado para o Hospital Municipal Doutor Mario Gatti, em Campinas, e o quarto para o São Camilo, em Salto.

A socorrista Liliane Fátima de Brito, de 36 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em 2017, a Rodovia Santos Dumont ficou em 11º lugar como uma das 15 com mais acidentes no Estado de São Paulo.