PSOL já recebeu mais de 16 mil denúncias de posts caluniosos contra Marielle

Marielle Franco foi assassinada no último dia 14 e, após o crime, uma onda de ataques à sua imagem tomou conta do Facebook, com frases de ódio e informações mentirosas sobre sua infância, adolescência e vida política.

Comentar
Compartilhar
24 MAR 2018Por Da Reportagem20h25
Marielle Franco foi atacada em redes sociais com inverdades sobre a sua vida.Foto: Fotos Públicas/Divulgação

O PSOL confirmou que a campanha para o recebimento de prints e denúnicas contra páginas e pessoas que ajudaram a difamar a imagem de Marielle Franco já ultrapassou a casa dos 17 mil e-mails.

Marielle Franco foi assassinada no último dia 14 e, após o crime, uma onda de ataques à sua imagem tomou conta do Facebook, com frases de ódio e informações mentirosas sobre sua infância, adolescência e vida política.

Em suas redes sociais o PSOL afirma que ingressará com diversas ações na justiça contra muitas páginas - e até mesmo contra pessoas comuns - que ajudaram a propagar inverdades contra a vereadora.

Muitas denúncias, segundo o partido, já foram encaminhadas à polícia.