Prefeitura de São Paulo proíbe blocos de carnaval com mais de 20 mil foliões

A cidade cadastrou 495 blocos para o carnaval deste ano, sendo que 89 devem desfilar apenas na região oeste

Comentar
Compartilhar
06 FEV 2017Por Agência Brasil16h30
Prefeitura de São Paulo proíbe blocos de carnaval com mais de 20 mil foliõesFoto: Divulgação

A prefeitura de São Paulo proibiu blocos de carnaval com mais de 20 mil pessoas na zona oeste. As regras foram publicadas no Diário Oficial. A cidade cadastrou 495 blocos para o carnaval deste ano, sendo que 89 devem desfilar apenas na região oeste, concentrados nos bairros Pinheiros e Vila Madalena.

As áreas residenciais próximas aos trajetos definidos para o desfile dos blocos serão isoladas com grades de proteção, com objetivo de impedir a perturbação do sossego dos moradores. Não será permitida a passagem dos blocos em 23 ruas e avenidas da região, entre elas Rua Cardeal Arcoverde, Rua Teodoro Sampaio, Avenida Rebouças, Avenida Faria Lima, Avenida Brasil e Avenida Nove de Julho.

O tempo máximo de duração do desfile será de cinco horas. Os carros de som deverão ser desligados às 19h e a dispersão dos blocos deverá ocorrer até as 20h. Os ambulantes ficam obrigados a encerrar a comercialização de bebidas alcoólicas às 20h, assim como os bares da área, que deverão fechar as portas às 22h, para evitar a continuidade da aglomeração no local.

Haverá controle de entrada de público na parte central da Vila Madalena, no quadrilátero formado pelas ruas Inácio Pereira da Rocha, Harmonia, Wisard e Simão Álvares. Será montada uma base operacional com participação da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Guarda Civil Metropolitana (GCM) e Polícia Militar. Os moradores dos bairros poderão acionar auxílio nesse local em caso de transtornos.

O calendário oficial de eventos do carnaval paulistano deste ano vai de 17 de fevereiro a 5 de março. Na Vila Madalena, a festa começa no dia 18, a partir das 9h. Todos os blocos da região deverão começar os desfiles antes das 15h, como forma de evitar atrasos na dispersão.