Pedágio nas rodovias de SP fica até R$ 0,20 mais caro a partir deste sábado

Desde o início do programa de concessões no Estado, de 1998, o preço do pedágio é reajustado sempre no dia 1º de julho

Comentar
Compartilhar
01 JUL 2017Por Folhapress13h00
Motoristas devem ficar atentos ao aumento do pedágioMotoristas devem ficar atentos ao aumento do pedágioFoto: Matheus Tagé/DL

O pedágio cobrado nas rodovias estaduais paulistas vai sofrer um aumento de até R$ 0,20 em 805 praças, de acordo com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

O reajuste está em vigor desde as 0h deste sábado (1º). As novas tarifas foi publicada no Diário Oficial do Estado que circulou no último sábado (24).

Desde o início do programa de concessões no Estado, de 1998, o preço do pedágio é reajustado sempre no dia 1º de julho, data estipulada em contrato pelas 20 concessionárias que administram as rodovias paulistas.

De acordo com a Artesp, os novos preços seguiram diversos índices econômicos. Em 12 concessionárias será aplicado o IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado) acumulado nos últimos 12 meses, que atingiu 1,57%.

Outras oito concessões acompanharam o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que registrou 3,59% de aumento no período.

Nos bloqueios de Diadema e Batistini do Sistema Anchieta-Imigrantes e em Sorocaba, na praça da Rodovia José Ermírio de Moraes (SP-75,), os reajustes não serão repassados ao consumidor.

Para a Artesp, a receita obtida pelos pedágios viabilizou um recurso de R$ 36,6 bilhões nos últimos seis anos, que foram investidos em obras, manutenção e operação de 6.900 km de vias paulistas sob concessão.