Ordem de prisão de Lula atropela planos petistas

A expedição do mandado do juiz Sergio Moro obrigou petistas a mobilizarem petistas nesta noite de quinta-feira (5)

Comentar
Compartilhar
05 ABR 2018Por Folhapress19h00
O PT não se preparou para a hipótese de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da SilvaFoto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O PT não se preparou para a hipótese de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda na sexta-feira (6).

O partido programou um ato com a presença de Lula para a noite de sexta-feira, o que daria início a uma vigília diante de sua casa.

Cartazes distribuídos por petistas registravam a hipótese de presença de Lula no ato.

Seria o primeiro discurso do ex-presidente após o julgamento de quarta-feira (4).

A expedição do mandado do juiz Sergio Moro obrigou petistas a mobilizarem petistas nesta noite de quinta-feira (5).