OAB vai debater gestão da pandemia; impeachment de Bolsonaro deve entrar na pauta

Sessão extraordinária do conselho da entidade será convocada para discutir a gestão do presidente na pandemia

Comentar
Compartilhar
06 MAR 2021Por Estadão Conteúdo20h37
Gestão do presidente Jair Bolsonaro na pandemia do novo coronavírus será discutidaGestão do presidente Jair Bolsonaro na pandemia do novo coronavírus será discutidaFoto: ADRIANO MACHADO/REUTERS

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, vai convocar para a próxima terça-feira (9) uma sessão extraordinária do conselho da entidade para discutir a gestão do presidente Jair Bolsonaro na pandemia do novo coronavírus. A próxima reunião do colegiado estava prevista para o dia 17, mas o encontro foi antecipado diante dos pedidos da cúpula da OAB para pautar o assunto.

"Há muita pressão de conselheiros e ex-presidentes por medidas duras contra o governo Bolsonaro", disse Santa Cruz. O impeachment do presidente deve ser debatido na sessão. O conselho federal da entidade já denunciou o governo à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA), por "violações" e "omissão" na pandemia.

Desde a redemocratização, a OAB pediu a cassação dos ex-presidentes Fernando Collor, Dilma Rousseff e Michel Temer. Um eventual pedido de impeachment de Bolsonaro se somaria aos mais de 50 requerimentos entregues à Câmara dos Deputados desde o início do mandato do atual presidente, em janeiro de 2019.