'Nunca pensei em renunciar, estou animadíssimo com intervenção', diz Pezão

O decreto com a intervenção foi assinado no início da tarde desta sexta-feira pelo presidente Michel Temer

Comentar
Compartilhar
16 FEV 2018Por Estadão Conteúdo17h17
'Nunca pensei em renunciar, estou animadíssimo com intervenção', diz Pezão'Nunca pensei em renunciar, estou animadíssimo com intervenção', diz PezãoFoto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), afirmou nesta sexta-feira, 16, ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que "nunca" pensou em renunciar ao cargo e que está "animadíssimo" com a intervenção do governo federal na área de segurança do Estado. "Nunca (pensei em renunciar). Estou animadíssimo com o decreto", declarou o chefe do Executivo fluminense.

O decreto com a intervenção foi assinado no início da tarde desta sexta-feira pelo presidente Michel Temer. De acordo com o decreto, a intervenção vai durar até 31 de dezembro deste ano, quando acaba o mandato de Pezão, que não pode disputar reeleição Nesse período, a segurança no Rio será comandada pelo general do Exército Walter Souza Braga Netto, que ficará subordinado a Temer.