X

Brasil

Morre aos 63 anos o jornalista Jorge Bastos Moreno

Moreno morreu por volta da 1h no Hospital Pró-cardíaco, na zona sul da cidade, em decorrência de um edema de pulmão causado por complicações cardiovasculares

Folhapress

Publicado em 14/06/2017 às 10:33

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O jornalista Jorge Bastos Moreno, 63, colunista do jornal "O Globo", morreu na madrugada desta desta quarta-feira (14), no Rio. Ele era um dos mais conhecidos repórteres políticos do Brasil.

Moreno morreu por volta da 1h no Hospital Pró-cardíaco, na zona sul da cidade, em decorrência de um edema de pulmão causado por complicações cardiovasculares, segundo informações da rádio "CBN".

O jornalista também apresentava os programas "Moreno no Rádio", na "CBN", e "Preto no Branco", no "Canal Brasil".

O presidente Michel Temer lamentou nesta quarta (14) a morte do jornalista. Em nota, o peemedebista o chamou de amigo e lembrou que conviveu com ele por 30 anos. Segundo o presidente, o jornalismo brasileiro "perdeu uma de suas maiores referências".

"Arguto observador, irônico com maestria, crítico ferino, insistente apurador de fatos e bastidores, Moreno construiu uma das carreiras mais brilhantes e respeitadas nas redações do país", disse.

O peemedebista prestou solidariedade aos familiares e amigos de um "excelente profissional que nos deixa de maneira tão repentina".

O presidente avalia comparecer ao velório do colunista, marcado a partir das 12h30 no cemitério São João Batista, no Rio.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software