SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Ministro do STF envia notícia-crime contra Bolsonaro para Procuradoria-Geral

Texto contra Bolsonaro e filhos foi apresentado por deputada do PCdoB-AC; parlamentar pede que a notícia seja acrescida ao inquérito das fake news

Comentar
Compartilhar
23 JUL 2020Por Gazeta de S. Paulo18h17
Notícia-crime é contra o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro e o deputado Eduardo BolsonaroFoto: DIVULGAÇÃO

Nesta quinta-feira (23), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes enviou uma notícia-crime apresentada pela deputada Maria Perpétua de Almeida (PCdoB-AC) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro e o senador Flávio Bolsonaro, para a Procuradoria-Geral da República.

A notícia-crime é baseada na rede de contas e perfis falsos ligados a integrantes dos gabinetes da família Bolsonaro que foi derrubada pelo Facebook. A deputada pede que a notícia seja acrescida ao inquérito das fake news.

Além disso, a parlamentar também quer que a Procuradoria solicite todas as informações sobre a investigação que removeu a rede de perfis do Facebook e Instagram por “comportamento inautêntico coordenado”.

O Facebook deletou as contas e páginas falsas no último dia 8. Foi constatado a participação de ao menos cinco funcionários e ex-auxiliares que reproduziam ataques a políticos contrários a Bolsonaro.

A Polícia Federal já solicitou acesso aos dados da investigação da rede social. Além disso, o ministro do Supremo pediu urgência em dois inquéritos sigilosos, o das fake News e o que investiga atos antidemocráticos.