X
Brasil

Ministro da Justiça lamenta mortes de presos em rebelião no Rio Grande do Norte

No comunicado, o ministro "agradece, em nome do presidente Michel Temer, o empenho das forças policiais que atuaram em defesa da sociedade, evitando fugas e controlando a situação"

Alexandre de Moraes lamentou as mortes ocorridas na rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz / Divulgação/SSP

Em nota, o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, lamentou as mortes ocorridas na rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia da Floresta, na região metropolitana de Natal. De acordo com o governo estadual, pelo menos dez presos morreram.

No comunicado, o ministro "agradece, em nome do presidente Michel Temer, o empenho das forças policiais que atuaram em defesa da sociedade, evitando fugas e controlando a situação".

O ministério confirma que o governador Robson Faria entrou em contato com o ministro Alexandre de Moraes e comunicou o fim da rebelião. De acordo com o ministério, Faria agradeceu o apoio da Força Nacional.

Conforme a nota, a pedido do governador, o ministro autorizou "que parte dos R$ 13 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), liberados no dia 29 de dezembro de 2016 para modernização e aquisição de equipamentos, seja utilizada em construções que reforcem a segurança no presídio".

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Ainda não é possível confirmar que reforço vacinal neutraliza ômicron, diz OMS

Segundo a entidade, existe a expectativa de ter melhores evidências sobre a eficácia do reforço vacinal nas próximas semanas com o desenvolvimento de novas pesquisas

Política

Lula diz ver Brasil encalacrado e cobra aliados na trincheira de sua campanha em 2022

O petista disse que não poderá voltar ao Planalto para fazer menos do que fez em suas primeiras gestões (2003-2006 e 2007-2010)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software