MEC libera R$ 8,9 milhões para obras emergenciais no Museu Nacional

A liberação dos recursos tinha sido anunciada ontem pelo ministro da Educação, Rossieli Soares

Comentar
Compartilhar
21 SET 2018Por Agência Brasil11h00
Construção de barreira nos arredores do Museu Nacional do Rio de Janeiro, após o incêndioConstrução de barreira nos arredores do Museu Nacional do Rio de Janeiro, após o incêndioFoto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 8,9 milhões dos R$ 10 milhões prometidos para obras emergenciais no Museu Nacional, afetado por um grande incêndio em 2 de setembro. As verbas serão usadas para a contratação da empresa que fará as intervenções no que sobrou do prédio. A liberação dos recursos tinha sido anunciada ontem pelo ministro da Educação, Rossieli Soares.

Segundo o MEC, essa primeira etapa de intervenções deverá durar 180 dias, de acordo com cronograma apresentado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que administra o museu. A execução das obras ficará a cargo da Concrejato Engenharia, que participou da reconstrução do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, destruído também por um incêndio em 2015.

Os R$ 8,9 milhões deverão ser usados no escoramento estrutural do prédio, para evitar desabamentos e garantir a conclusão da perícia pela Polícia Federal; na cobertura provisória do museu (já que grande parte do telhado foi destruída) e no fechamento de esquadrias.

A verba também será usada para a retirada dos escombros, que deve ser feita com cautela, a fim de separar o que é entulho do que é acervo.

O restante, cerca de R$ 1 milhão, será usado em laboratórios e outros espaços necessários para a universidade. O MEC informou que aguarda um projeto da UFRJ para liberar essa verba.