X
Brasil

Justiça autoriza transferência de integrantes do PCC para regime diferenciado

No RDD, o preso fica recolhido em cela individual e tem o banho de sol limitado em duas horas diárias, além de só poder receber visita de duas pessoas por semana

O Ministério Público de São Paulo conseguiu na Justiça, na sexta-feira (10), a transferência de integrantes do crime organizado, ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital), para o RDD (regime disciplinar diferenciado) pelo período de 360 dias. No RDD, o preso fica recolhido em cela individual e tem o banho de sol limitado em duas horas diárias, além de só poder receber visita de duas pessoas por semana, pelo período máximo de duas horas. As informações são da Agência Brasil.

Os transferidos, segundo o MP, são Marco Willians Herbas Camacho (conhecido como Marcola), Valdeci Francisco Costa, Antonio José Muller Júnior, Paulo César Souza Nascimento Júnior, Daniel Vinicius Canônico, Paulo Pedro da Silva, Eric Oliveira Farias, Paulo Felipe Esteban Gonzalez, Márcio Domingos Ramos, Airton Ferreira da Silva e Cleber Marcelino Dias dos Santos.
Também foi solicitada a prorrogação da internação no RDD de Wilber de Jesus Merces, Marcos Paulo Ferreira Lustosa e Wanderson Nilton Paula Lima pelo prazo de 20 dias.

A Secretaria da Administração Penitenciária não confirmou se os integrantes do PCC foram transferidos e disse, em nota, que não informa sobre transferência de presos por questão de segurança.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Tragédia

Homem de 23 anos morre afogado ao tentar buscar bola de futebol no mar

Segundo informações do Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar), o afogamento aconteceu na Praia Preta

São Vicente

Jovem que foi atingido por tiro e ficou com bala alojada perto do coração recebe alta

Ele brincava em uma praça de São Vicente, no Réveillon, quando foi atingido; Segundo a família de Guilherme, a rotina do menino será diferente nos próximos meses

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software