X

Brasil

Irmão da ex-ginasta Lais Souza morre afogado durante pesca em Miguelópolis

Ele foi deixado num ponto da represa e, quando o barco voltou para buscá-lo, por volta das 17 horas, o rapaz não foi encontrado.

Estadão Conteúdo

Publicado em 09/09/2018 às 01:19

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Laís Souza segue tratamento para voltar a andar. / Rafael Ribeiro/CBG/Fotos Públicas

O jovem Mateus da Silva Souza de 27 anos, irmão da ex-ginasta olímpica Lais Souza, morreu afogado quando praticava pesca subaquática, no fim da tarde de sexta-feira, 7, numa represa do Rio Grande, em Miguelópolis, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, ele passava o feriado com a família em um rancho, quando decidiu pescar com os amigos.

Ele foi deixado num ponto da represa e, quando o barco voltou para buscá-lo, por volta das 17 horas, o rapaz não foi encontrado.

Os amigos fizeram buscas no local e o encontraram submerso e já sem vida em um ponto de pouca profundidade. Familiares disseram à polícia que ele conhecia o local e praticava com frequência a pesca subaquática de tucunaré. Silva não usava cilindro de oxigênio.

O corpo foi levado para perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Ituverava e era velado, na manhã deste sábado, 8, em Ribeirão Preto, onde mora a família. A Polícia Civil abriu inquérito e aguarda o laudo do IML para apurar a causa da morte.

A irmã da vítima, Lais da Silva Souza, fez parte da equipe brasileira que disputou os jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia, em 2004, e de Pequim, na China, em 2008. Em 2012, ela foi convocada para a seleção brasileira de ginástica artística feminina, mas sofreu uma lesão na mão esquerda durante os treinos e deixou a equipe. 

Em 2014, quando se preparava para disputar os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, na Rússia, Lais se chocou com uma árvore na estação de esqui e sofreu grave lesão na coluna cervical. A ex-ginasta ainda se recupera da lesão.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Veículos locais não têm mais preferência na balsa de Ilhabela; entenda

A decisão, unânime do Órgão Especial do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), é da última quarta-feira (21)

Diário Mais

A múmia que grita: saiba mais sobre um dos maiores mistérios do mundo

Pesquisadores acreditam ter chegado na resposta sobre a bizarrice egípcia

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter