X
Brasil

iFood oferecerá 'auxílio' combustível a entregadores até o final do ano

O iFood afirmou também que deve reajustar o valor das rotas a partir de novembro, com adicional por quilômetro rodado, o que deve resultar aos trabalhadores ganhos de até 8% por rota

Entregador do iFood em manifestação por melhores condições de trabalho. / Rovena Rosa/Agência Brasil

O serviço de delivery por aplicativo iFood anunciou que investirá R$ 8 milhões até o fim do ano para aliviar os impactos da alta dos combustíveis no bolso dos entregadores. O repasse deverá será feito ao longo de novembro e dezembro. Não há dados oficiais sobre quantos entregadores estão cadastrados na plataforma. O anúncio se dá depois de a Petrobras anunciar reajuste de 7,2% para as distribuidoras. 
O iFood afirmou também que deve reajustar o valor das rotas a partir de novembro, com adicional por quilômetro rodado, o que deve resultar aos trabalhadores ganhos de até 8% por rota, segundo a empresa. Esse é o segundo reajuste do valor das rotas promovido este ano: em abril, o serviço de entregas havia reajustado a tarifa mínima para R$ 5,31, independentemente da distância, com acréscimo por quilômetro rodado nas rotas mais longas.

Durante a pandemia, a foodtech viu o volume de pedidos quase triplicar por causa do isolamento social: foram de 30,6 milhões pedidos, no começo de 2020, para 60 milhões, em março deste ano. Presente em 908 cidades em todos os estados brasileiros, o iFood conta com mais de 33 mil parceiros, entre mercados, conveniências, petshops e farmácias. O crescimento foi de 1.329% em relação a julho de 2020. Até o fim de 2021, a plataforma projeta ter 40 mil estabelecimentos parceiros disponíveis, bem como dobrar a quantidade de localidades em que o serviço é oferecido.

*Do UOL

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram e mantenha-se bem informado.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Cotidiano

Semana terá clima maluco, por isso, leve guarda-chuva, protetor solar, casaco, para-raio e um bote

Clima indeciso marcará últimos dias de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software