Governador João Doria é vacinado contra a Covid-19 em SP

A responsável por fazer a aplicação foi a enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira a ser vacinada contra a Covid-19, no dia 17 de janeiro de 2021

Comentar
Compartilhar
07 MAI 2021Por Folhapress18h17
Doria esperou na fila até chegar a sua vez.Doria esperou na fila até chegar a sua vez.Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (7). Como esperado, o imunizante aplicado foi a Coronavac, fabricada pelo Instituto Butantan, ligado ao governo paulista. "Todas as vacinas são boas, mas eu tomei aqui a Coronavac", disse o governador.

A responsável por fazer a aplicação foi a enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira a ser vacinada contra a Covid-19, no dia 17 de janeiro de 2021, em evento capitaneado por Doria.

Por ter 63 anos de idade, o governador podia receber o imunizante desde o dia 29 de abril. Nesta quinta-feira (6), pessoas com 60, 61 e 62 anos começaram a ser vacinadas.

Doria chegou ao Centro de Saúde de Pinheiros, na rua Ferreira Araújo, no bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, por volta das 16h. "A vacina da vida, a vacina da fome", disse ao doar uma cesta básica para a campanha "Vacina contra a fome". A primeira-dama Bia Doria, 60, também estava presente e foi vacinada.

A expectativa do governador é imunizar toda a população paulista até o final do ano com as remessas enviadas pelo Ministério da Saúde.