X
Brasil

Frente dos Caminhoneiros notifica governo sobre nova greve

Segundo a Frente, os critérios adotados sobre os preços dos combustíveis seriam antieconômicos

Greve está prevista para acontecer no dia 1 de novembro / Tomaz Silva/Agência Brasil

A Frente Parlamentar Mista dos Caminhoneiros Autônomos e Celetistas enviou uma notificação ao governo federal, a respeito da nova paralisação dos caminhoneiros, que deverá ser realizada no dia 1 de novembro. O motivo da pausa seria o aumento dos preços dos combustíveis.  

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Outro alvo é a política de preços da Petrobras, que é baseada no valor do barril de petróleo internacional e no dólar.

Segundo a Frente, os critérios adotados sobre os preços dos combustíveis seriam antieconômicos, além de que os valores não teriam qualquer critério econômico nacional.

A nota foi assinada pelo deputado federal Nerei Crispim (PSL-RS), atual presidente da banca.

A Frente Parlamentar estaria determinada em auxiliar as conversas entre os caminhoneiros e o governo federal. A intenção da bancada é tentar propor uma solução para o problema antes do dia 1 de novembro, para que não ocorra a paralização. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Cotidiano

Semana terá clima maluco, por isso, leve guarda-chuva, protetor solar, casaco, para-raio e um bote

Clima indeciso marcará últimos dias de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software