X
Brasil

Fatalidades de trânsito recuam no primeiro trimestre no Estado

Segundo o Infosiga SP, foram registrados 92 óbitos a menos entre janeiro e março, redução de 7,1%

Entre janeiro e março, as fatalidades reduziram em -7,1%, passando de 1.298 para 1.206 / Divulgação/Fotos Públicas

O Infosiga SP, sistema do Governo de São Paulo que divulga mensalmente dados sobre acidentes de trânsito no Estado, revela que o número de óbitos foi menor no primeiro trimestre deste ano. Entre janeiro e março, as fatalidades reduziram em -7,1%, passando de 1.298 para 1.206 ocorrências. Em março, foram 445 óbitos contra 473 no mesmo período do ano passado (-5,9%).

"A segurança no trânsito é uma prioridade do Governo do Estado e entrou definitivamente na pauta das Prefeituras. Há ainda muito trabalho a fazer, mas os índices já são resultado de uma maior mobilização de toda sociedade. Somente a união de esforços pode tornar nosso trânsito mais humano e seguro", afirma a coordenadora do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, Silvia Lisboa.

Nas vias municipais, a redução foi mais acentuada. Ruas e avenidas somaram 581 óbitos no primeiro trimestre, redução de 11,4% (656 casos em 2017). Já nas rodovias que cortam o Estado, foram registradas 512 fatalidades, redução de 3,6% (531 casos no mesmo período do ano passado).

Motociclistas ainda lideram as estatísticas, mas houve redução de 6,8% entre janeiro e março (412 óbitos contra 442 em 2017). Redução significativa também entre pedestres: -10,6% (337 fatalidades contra 377 no ano passado). Ocupantes de automóveis aparecem na terceira posição, com redução de 0,7% (275 óbitos contra 277).

Já entre os ciclistas, houve aumento de casos no Estado. O Infosiga SP registrou 13 óbitos a mais entre janeiro e março, o que representa aumento de 17,8% (86 ocorrências contra 73). A prevenção de acidentes envolvendo bicicletas é um dos focos de trabalho do Movimento Paulista.

"Vários fatores contribuem para esse dado, entre eles o aumento do número de ciclistas nas cidades", explica Silvia Lisboa. "Temos atuado junto aos municípios e contemplado projetos que favorecem esse grupo, incluindo a construção de ciclovias e melhorias na sinalização. Mas é fundamental que os demais atores do trânsito tenham mais cuidado com o ciclista, que merece sempre nosso respeito e atenção", ressalta.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Presidente do Delfín revela proposta do Santos por gigante zagueiro equatoriano

Assim como fez no Corinthians, o técnico Fábio Carille deve iniciar a reformulação do elenco santista para 2022 pela defesa

Santos

Incêndio em apartamento assusta moradores em Santos

Um incêndio em um apartamento na Rua Barão de Paranapiacaba, na Encruzilhada, em Santos, mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros na tarde desta terça-feira (30)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software