X
Brasil

Fachada do Pateo do Collegio, marco zero de São Paulo, é pichada

Durante a noite, o local concentra uma grande quantidade de pessoas em situação de rua para dormir e também receber refeições de grupos que fazem caridade

Marco histórico e turístico de São Paulo, o prédio do Pateo do Collegio, no centro da capital paulista, amanheceu com a sua fachada pichada / Agência Brasil

A fachada do Pateo do Collegio, edifício que reproduz a escola jesuíta que é o marco zero da cidade de São Paulo, amanheceu pichada hoje (10). Foi escrito em letras vermelhas “olhai por nois” [sic]. Durante a noite, o local concentra uma grande quantidade de pessoas em situação de rua para dormir e também receber refeições de grupos que fazem caridade.

Segundo o prefeito regional da Sé, Eduardo Odloak, a pichação foi feita durante a madrugada, por duas pessoas, exatamente à 1h24, conforme registrado pelas câmeras de segurança. Os pichadores levaram apenas um minuto e meio, de acordo com Odloak para concluir a intervenção, provalemente com o uso de extintores ou um compressor. “Uma ação relâmpago”, enfatizou.

No final da manhã, a prefeitura levou um caminhão-pipa para lavar a calçada em frente ao edifício que também foi manchada pela tinta. “A parede provavelmente vai ter que ser lixada”, acrescentou o prefeito regional sobre as providências que terão de ser tomadas para recuperar a fachada.

O diretor do Pateo do Collegio, padre Carlos Alberto Contieri, disse que o custo de recuperação da fachada ainda não foi estimado. “Os danos são grandes, vai precisar recuperar toda a fachada, em toda a sua extensão, de alto a baixo. Não é uma recuperação fácil, porque atingiu não só a tinta, mas os azulejos, os vidros e as esquadrias de madeira das janelas”, detalhou.

O religioso ressaltou que esta é a primeira vez que a instituição é alvo desse tipo de ação. “É surpreendente para nós”, enfatizou.

O complexo histórico do Pateo do Collegio pertence à Companhia de Jesus, ordem religiosa católica fundada em 1540 por Santo Inácio Loyola. Os jesuítas chegaram ao Brasil em 1549 com a missão de evangelizar os povos originários.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Itanhaém abre agendamento para todas as crianças de 9 a 11 anos

As imunizações iniciam já neste sábado (22), no Posto Volante de Vacinação (Secretaria de Turismo), na Rua Aécio Menucci, 281, Centro

Polícia

Suspeito de participação no assassinato de policial militar de Praia Grande é preso

Uma equipe de Patrulhamento de Ações Especiais da PM recebeu a informação de que um carro da marca Volvo, flagrado na cena do crime, estava circulando por Santo André com destino a cidade de Ribeirão Pires

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software