Ex-vocalista do Raimundos diz que Bolsonaro é 'paizão' e critica governo do PT

Rodolfo Abrantes disse que com partido no poder o Brasil chegou ao ápice da ruína

Comentar
Compartilhar
23 JUL 2019Por Da Reportagem18h00
Rodolfo Abrantes é atualmente cantor e pastorFoto: Reprodução/Facebook

O ex-vocalista do Raimundos Rodolfo Abrantes falou sobre política em entrevista ao canal de YouTube "Abundante Vida". Atualmente cantor e pastor, ele disse que enxerga o presidente Jair Bolsonaro (PSL) como um "paizão", tanto em aspectos positivos quanto negativos, e faz críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT).

"Percebo firmeza de convicção. Não o conheço pessoalmente, mas sei de muitas pessoas que o conhecem e dizem que ele é um cara extremamente simples, acessível e que você não tem surpresa com ele. Então é assim, aquela figura do paizão. Aquele cara que é meio chucro, grosso, mas é aquilo ali. Então, tenho bons olhos. Creio que o Brasil, de certa forma, removeu um trono de iniquidade na nação, e só por isso a nação já é abençoada. E agora é orar para que ele dê os passos certos, né?", disse.

De acordo com ele, o governo Bolsonaro levará quatro anos para começar a desfazer a bagunça que foi feita pelo Partido dos Trabalhadores.

"Você pega uma casa abandonada na mão de bandidos e deixa assim por longos e longos anos? Tem muita coisa pra você consertar. Então, você assume a direção dessa casa e não é de uma hora pra outra que ela vai ficar linda. Tem muito trabalho. Eu não me admiro nada se esse novo governo levar os quatro anos que tem só pra começar a desfazer a bagunça que foi feita", afirmou.

Ainda sobre o PT, Rodolfo disse que com partido no poder o Brasil chegou ao ápice da ruína, mas evitou jogar toda a culpa na legenda.

 "É muito fácil jogar toda a culpa no PT e dizer que a sua administração arruinou o Brasil. O Brasil vem sendo arruinado desde a sua descoberta, e o PT, eu acho que chegou num ápice", disse.

Com informações do UOL.

Colunas

Contraponto