Estado de São Paulo ultrapassa 50 mil mortes por coronavírus

Nas últimas 24 horas foram registradas 331 mortes no Estado e cerca de 16 mil novos casos

Comentar
Compartilhar
19 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo22h00
Estado de São Paulo completou 50 mil mortes na semana em que começou a vacinação no PaísFoto: Danilo Verpa/Folhapress

*Por Nely Rossany

O estado de São Paulo registrou nesta terça-feira (19) 50.318 óbitos e 1.644.225 casos confirmados do novo coronavírus. A triste marca das 50 mil vidas perdidas foi alcançada dez meses após o registro da primeira morte no Estado, em 12 de março.

Foram registradas 331 mortes e 15.953 novos casos da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de mortes diárias é de 237 nesta terça-feira. É o maior valor desde o dia 19 de agosto de 2020 e mostra uma tendência de alta, já que representa crescimento de 60% em relação ao registrado há 14 dias.

 

Sozinho o estado de São Paulo tem mais mortes do que a Argentina que registra 45.832 óbitos até o momento. O país vizinho tem cerca de 44 ,5 milhões de habitantes, enquanto o estado possui 44 milhões.

Ocupação de UTIs
Segundo dados do Governo do Estado, as taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70,5% na Grande São Paulo e 69,7% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.937, sendo 7.845 em enfermaria e 6.092 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 13h desta terça-feira.

Na capital paulista, quatro hospitais municipais estão com 100% dos leitos de UTI ocupados.