Estado de SP registra queda nos índices de criminalidade no mês de julho

Segundo balanço da SSP, houve redução nos casos de homicídios dolosos; no número de vítimas de homicídios; nas ocorrências de latrocínios e de estupro geral

Comentar
Compartilhar
23 AGO 2019Por Agência Brasil18h32
Os latrocínios tiveram recuo de 23,8%, passando de 21 casos para 16Foto: Pixabay/Pexels

Os principais indicadores de criminalidade do estado de São Paulo apresentaram queda no mês de julho. Balanço divulgado hoje (23), pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, mostra que houve redução nos casos de homicídios dolosos (com intenção de matar); no número de vítimas de homicídios; nas ocorrências de latrocínios (roubos seguido de morte) e de estupro geral. No entanto, houve aumento no número de casos de furtos e roubos em geral.

Os casos de homicídios dolosos apresentaram recuo de 24,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado, passando de 245 para 185 casos. O número de vítimas de homicídios teve queda de 26,4%, o menor da série histórica, passando de 261 para 192 ocorrências.

Os latrocínios tiveram recuo de 23,8%, passando de 21 casos para 16, com queda também no número de vítimas, que passou de 22 para 16. O total de casos de estupro também registrou uma leve queda, passando de 858 casos em julho do ano passado para 850 neste ano. Desse total de casos de estupro no mês, 627 são de vulneráveis (menores de 14 anos de idade), número maior que em julho do ano passado, quando foram contabilizadas 608 ocorrências.

Já os roubos em geral apresentaram aumento de 7,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior, passando de 20.509 para 21.961 ocorrências. Os furtos em geral tiveram alta de 5,3%, passando de 41.208 para 43.402.

Colunas

Contraponto