Embratur e Rosana Valle acertam ações de apoio ao turismo no Vale e Baixada

O presidente da Embratur atendeu apelo da deputada no sentido de preparar, sobretudo o Vale do Ribeira, para o momento pós-pandemia

Comentar
Compartilhar
30 JUN 2020Por Da Reportagem14h30
A deputada vai levar projetos do incentivo ao turismo, do Vale e também da Baixada, pessoalmente, ao presidente da Embratur, incluindo a criação de rotas regionaisFoto: RODRIGO MONTALDI/DIÁRIO DO LITORAL

A Embratur fará ações de apoio e divulgação do turismo no Vale do Ribeira e Baixada. A iniciativa foi acertada entre a deputada federal Rosana Valle (PSB) e o presidente da empresa, Gilson Machado Guimarães Neto, em videoconferência na manhã desta terça-feira (30).

O presidente da Embratur  atendeu apelo da deputada no sentido de preparar, sobretudo o Vale do Ribeira, para o momento pós-pandemia, quando estudos preveem o redirecionamento dos turistas para regiões próximas, em substituição às viagens internacionais. 

“O Vale do Ribeira está a duas horas de dois grandes centros emissores de turistas, as regiões metropolitanas dos estados de São Paulo e Paraná”, disse Gilson Guimarães, lembrando que o plano é incluir o aproveitamento das atrações ligadas ao ecoturismo, gastronomia, cultura, história e turismo rural.

De imediato, o presidente da Embratur pediu o acervo de imagens e conteúdos dos dois livros publicados pela parlamentar, quando atuava como jornalista, que mostram as atrações e o potenciais turísticos do Vale do Ribeira e da Baixada Santista.

Na sequência, pediu à deputada que se reúna com os prefeitos e o operadores de turismo destas regiões para que sejam elencados 20 itens prioritários que necessitam de divulgação. 

“Vamos incluir estes roteiros em sites, programas de infraestrutura do Governo Federal e também fazer um vídeo de divulgação”, afirmou o presidente da Embratur, que pretende, ainda em julho, visitar o Vale do Ribeira, junto com o secretário Nacional da Pesca, Jorge Seif.

Rotas regionais

Gilson Guimarães elogiou o aeroporto de Registro: “Temos que estimular a aviação regional. Não se concebe um aeroporto destes com baixíssima utilização”, disse o presidente, que falou igualmente da necessidade de retomar a linha férrea Santos-Cajati, que pode ter também aproveitamento turístico. Rosana, que trata da malha ferroviária com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ficou animada como envolvimento da Embratur no tema.

A deputada vai levar projetos do incentivo ao turismo, do Vale e também da Baixada, pessoalmente, ao presidente da Embratur, incluindo a criação de rotas regionais, incentivadas por transporte rápido. Umas das cidades a serem visitadas no Vale por Gilson Guimarães será Cananeia, onde o Governo Federal pretende dar melhor aproveitamento ao Terminal Pesqueiro.