X
Brasil

Carteira de crédito do Banco Cruzeiro do Sul vai a leilão em novembro

Com falência decretada em 2015, banco atuava no mercado de crédito, operando para empresas de médio porte

Valor arrecadado no leilão da carteira de crédito será utilizado como parte do pagamento de dívidas / Divulgação

No dia 10 de novembro, a partir das 14h30, o leiloeiro Fernando Cerello, do escritório Mega Leilões, realiza o leilão da carteira de crédito da massa falida do Banco Cruzeiro do Sul. Na ocasião, estará em disputa a carteira de contratos de empréstimo de empresas de médio porte da antiga instituição financeira.

O valor avaliado de tais contratos é de aproximadamente R$ 76 milhões, porém o lance inicial é de R$ 37,9 milhões e pode cair ainda mais, se não houver interessados, necessitando de um segundo ou terceiro leilão.

“A compra de uma carteira de crédito é sempre uma boa oportunidade de negócio para Instituições Financeiras e Fundos de Investimentos. Em um leilão ela se torna ainda mais atrativa, pois é possível adquirir uma carteira com contratos de empréstimos, realizados por empresas com boa capacidade de crédito, por um valor abaixo do avaliado”, explica o leiloeiro Fernando Cerello.

O Banco Cruzeiro do Sul teve sua falência decretada em 12 de agosto de 2015, três anos depois de sofrer uma intervenção do Banco Central, por conta de ações fraudulentas. Em 2014, estimava-se que o rombo nas finanças da instituição fosse de cerca de R$ 3,8 bilhões.

O valor arrecadado no leilão carteira de crédito será utilizado como parte do pagamento de dívidas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Sábado (28) tem Dia D de vacinação contra a covid-19 e gripe em Praia Grande

Sete Usafas estarão abertas das 9 às 16 horas

Oportunidade

Guarujá oferece 36 vagas em curso gratuito de Técnicas de Funilaria e Brilho Automotivo  

Aulas serão realizadas na Carreta Escola Móvel do Senai, que estará estacionada no Caec Professora Márcia Regina dos Santos, em Vicente de Carvalho

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software