Cabelos mais saudáveis até mesmo no verão

A aposta dos profissionais de beleza é a nanoqueratinização, um tratamento bastante procurado nos salões

Comentar
Compartilhar
26 NOV 2017Por Da Reportagem17h30
O verão está chegando e é hora de desfilar as madeixas bem cuidadasFoto: Reprodução

Suzana Scheibel
Jornalista com especialização em Comunicação Jornalística, formada pela UNORP – São José do Rio Preto.
Atua há mais de 20 anos na área de comunicação em todo o Brasil

O verão está chegando e é hora de desfilar as madeixas bem cuidadas. Só que cabelos saudáveis, praia, piscina e sol não caminham juntos. A aposta dos profissionais de beleza é a nanoqueratinização, um tratamento bastante procurado nos salões. O tratamento consiste na aplicação de queratina, por meio da nanotecnologia, para aumentar a eficácia. Isto é, as moléculas dessa proteína são reduzidas ao menor tamanho possível e, dessa forma, penetram mais fácil e profundamente no fio. O objetivo da nanoqueratinização é repor a queratina – matéria perdida quando o cabelo é submetido a processos químicos – dos fios danificados, que ficam porosos e sujeitos à quebra; e, assim, restaurar sua estrutura.

A queratina aumenta a resistência do fio, o que na prática significa um cabelo fortalecido. Quando há perda dessa proteína, o fio fica fraco, sem resistência. Se não houver a reposição de queratina, a cutícula se abre e o fio torna-se muito fino nas pontas e pode até se romper só de tocar no ombro.

O tratamento tem uma eficiência de 80% na primeira aplicação, 90% na segunda e 100% na terceira. É um procedimento ideal para cabelos danificados por tratamentos químicos, descoloridos ou arruinados pelo sol. O sistema de nanoqueratinização substitui a queratina natural do cabelo, de forma eficaz e progressiva.

O tratamento

Primeiro o profissional lava o seu cabelo com xampu de limpeza profunda para retirar os resíduos dos cabelos; depois seca o cabelo com secador até retirar toda umidade.

O produto é aplicado mecha por mecha com ajuda de vapor para que as nanomoléculas de queratina penetrem nas áreas danificadas da fibra capilar. O próximo passo é passar uma prancha de cabelo para evaporar o resto de água e completar a penetração dos ativos.

Em seguida, você precisa aplicar vapor novamente para fixar a nanoqueratina e o tratamento termina com a secagem dos cabelos.

A sessão dura cerca de uma hora no cabelo curto e 90 minutos nos mais longos e o processo deve ser repetido a cada três ou quatro meses para manter o cabelo saudável.

É bom saber que no caso de cabelo com permanente deve-se esperar no mínimo três dias antes de proceder a nanoqueratinização e as mulheres grávidas que são muito sensíveis devem usar uma máscara cirúrgica durante a aplicação do produto.

A aplicação da queratina é feita por meio de pulverização, para assim formar uma névoa com micropartículas da substância e facilitar uma aplicação uniforme. Esse método garante que a queratina seja bem distribuída, atingindo toda a superfície dos cabelos. E não é possível fazer em casa. Procure somente profissionais habilitados para realizar o procedimento.