Banner gripe

Atirador invade escola de Goiânia e deixa ao menos 2 mortos e 5 feridos

Uma das sete vítimas chegou a ser socorrida de helicóptero ao Hospital de Urgência de Goiânia. Os bombeiros não confirmam mortes

Comentar
Compartilhar
20 OUT 2017Por Folhapress13h10

Sete crianças e jovens foram feridos em um ataque a tiros a uma escola particular em Goiânia.
Segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 11h50, uma mulher ligou para um serviço de emergência e se identificou como professora do colégio Goyases, no bairro setor Riviera. Ela contou que uma pessoa entrou no colégio e começou a efetuar disparos.

Uma das sete vítimas chegou a ser socorrida de helicóptero ao Hospital de Urgência de Goiânia. Os bombeiros não confirmam mortes.

Dois adolescentes de 12 e 13 anos morreram e outras cinco pessoas ficaram feridas, no início da tarde desta sexta-feira (20), em uma escola particular em Goiânia. O helicóptero do Grupo de Radio Patrulha Aérea encaminhou uma das vítimas do tiroteio ao Hospital de Urgências de Goiânia. Ainda não há informações sobre a autoria e a motivação do crime.

As informações foram confirmadas pela assessoria de imprensa da PM em Goiás e pela Polícia Científica.

O delegado Francisco José Junior, da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), está a caminho do local para apuração do caso.

Dados preliminares indicam que a suspeita é de que o autor dos disparos seria outro estudante adolescente que já teria sido apreendido pela PM.

Colunas

Contraponto