Após problema, seção de SP precisou recorrer ao voto manual

Até o momento, são 30 casos de boca de urna e cinco de compra de votos

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2020Por Folhapress15h52
Urna apresentou problema em seção e voto nominal precisou ser realizadoFoto: Nelson Jr./TSE

Uma seção em São Paulo precisou recorrer à votação manual, diante de problemas nas urnas eletrônicas, conforme o terceiro balanço do dia do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O tribunal ainda não informou o número desta seção ou a cidade do estado em que voto em papel foi necessário.

O boletim divulgado às 14h deste domingo registra que 476 urnas eletrônicas, em 20 estados, precisaram ser substituídas. A quantidade equivale a 0,33% do total. A maioria das substituições, 146, ocorreu em São Paulo.

Já o boletim mais recente do Ministério da Justiça e Segurança Pública aponta a apreensão de R$ 12,3 mil, em razão de supostos crimes eleitorais. No primeiro turno, a esta altura da votação, a PF (Polícia Federal) já havia apreendido R$ 1,89 milhão em dinheiro vivo.

Até o momento, são 30 casos de boca de urna e cinco de compra de votos.