X
Brasil

Anvisa suspende propaganda de alimento que promete prevenir tipos de câncer

A Anvisa informou que não é permitido o uso de alegações terapêuticas em propagandas de alimentos

Resolução da Anvisa publicada nesta segunda (20) no Diário Oficial da União suspende todas as propagandas e publicidades que atribuam propriedades terapêuticas, de saúde ou funcionais não autorizadas aos alimentos fabricados, distribuídos ou comercializados por Kaiser Intermediação de Negócios - Eireli. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com o texto, a empresa apresenta diversas propagandas e publicidades que atribuem propriedades terapêuticas, de saúde ou funcionais não autorizadas aos alimentos comercializados em sítios eletrônicos sob sua responsabilidade, tais como: ajudar a prevenir vários tipos de câncer; prevenir doenças do coração; retardar o envelhecimento; combater celulite e gordura; aumentar o desejo sexual e auxiliar na prevenção e combate da impotência sexual.

A Anvisa informou que não é permitido o uso de alegações terapêuticas em propagandas de alimentos. Além disso, alegações de propriedades funcionais ou de saúde, segundo a agência, somente podem ser feitas em alimentos registrados para este fim quando forem atendidas as diretrizes básicas para comprovação de propriedades funcionais ou de saúde estabelecidas na legislação pertinente.

Ainda de acordo com a publicação, a suspensão se aplica a qualquer tipo de mídia, especialmente aos sítios eletrônicos https://gojiwell.com, https://gojilipo.com.br, https://turboslim.com.br/, https://redenutri.com, https://turboslim.com.br/ e https://xtramaster.com/.

A Agência Brasil não conseguiu contato com a empresa Kaiser Intermediação de Negócios - Eireli.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

SOS Verão: quais são os problemas típicos na pele e como evitar

Período é a época do ano em que a nossa pele mais sofre em decorrência da maior exposição ao sol pelos raios UVA e UVB, do contato com o cloro de piscinas e o sal do mar

Cubatão

Bairros de Cubatão estão em estado de observação devido às fortes chuvas

Segundo a Comdec, a Defesa Civil orientou aos moradores a não permanecerem em suas residências

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software