Anvisa se reúne no domingo para decidir sobre uso emergencial de vacinas

Reunião da Anvisa é para definir autorização emergencial das vacinas do Instituto Butantan e da Fiocruz

Comentar
Compartilhar
12 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo19h20
A Coronavac ainda não foi autorizada pela Anvisa para uso emergencial no BrasilFoto: Divulgação/Instituto Butantan

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou nesta terça-feira (12) que marcou para o próximo domingo (17) uma reunião dos diretores da agência para decidir sobre a autorização de uso emergencial das vacinas do Instituto Butantan e da Fiocruz contra a Covid-19.

"Faz-se necessária a entrega, em tempo hábil para análise, dos documentos faltantes e complementares", disse a Anvisa, em comunicado.

A data da reunião é o penúltimo dia do prazo estabelecido pela Anvisa para a análise dos imunizantes. Atualmente, a agência analisa dois pedidos para esse aval.

O primeiro foi feito pelo Instituto Butantan, que mantém uma parceria com a empresa chinesa Sinovac, e que vale para uso de 6 milhões de doses da vacina Coronavac que foram importadas da China.

Já o segundo pedido foi feito pela Fiocruz, que mantém uma parceria com a farmacêutica AstraZeneca e Universidade de Oxford. A fundação pede autorização para uso de 2 milhões de doses que devem ser importadas da Índia.