X
Brasil

Abdelmassih chega a apartamento de alto padrão para prisão domiciliar

Ele foi levado de ambulância para o edifício de alto padrão, localizado no Jardim Paulistano, em São Paulo

Abdelmassih chega a apartamento de alto padrão para prisão domiciliar / Fotos Públicas

O ex-médico Roger Abdelmassih, 73, condenado a 181 anos de prisão por abusar sexualmente de pacientes em sua clínica de reprodução, foi transferido no final da noite desta sexta-feira (23) do Hospital São Lucas, em Taubaté, para o apartamento onde vai cumprir prisão domiciliar.

Ele foi levado de ambulância para o edifício de alto padrão, localizado no Jardim Paulistano, em São Paulo, onde moram sua mulher, a procuradora Larissa Sacco Abdelmassih, e os dois filhos do casal.

O ex-médico foi autorizado na quarta-feira (21) a cumprir a pena em casa. A decisão é da juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté. Na decisão, ela afirma que o estado de saúde do detento piorou em abril deste ano, quando ele foi internado. Abdelmassih foi diagnosticado com cardiopatia grave e passou por cirurgia para a colocação de um stent.

Uma reportagem do jornal "Folha de S.Paulo" mostrou, no entanto, que o laudo médico que embasou a concessão da prisão domiciliar não é conclusivo sobre as condições de tratamento do ex-médico na penitenciária de Tremembé, onde ele cumpria pena desde 2014.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ENTREVISTA

Suplicy lança biografia e fala de admiração por Mano Brown e Martin Luther King

Em entrevista ao Diário do Litoral e à Gazeta de S. Paulo, Suplicy conta sobre sua autobiografia, defende renda básica e fala da admiração por Mano Brown, Lula e Martin Luther King Jr

Saúde

SOS Verão: quais são os problemas típicos na pele e como evitar

Período é a época do ano em que a nossa pele mais sofre em decorrência da maior exposição ao sol pelos raios UVA e UVB, do contato com o cloro de piscinas e o sal do mar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software