1,3 milhões de Brasileiros abandonaram seus planos de Saúde no ano passado

Usuários têm procurado alternativas para o atendimento médico

Comentar
Compartilhar
18 NOV 2017Por Da Reportagem12h30
Mais de 1,3 milhões de pessoas abandonaram seus planos de saúdeFoto: Agência Brasil

A Agência Nacional de Saúde (ANS) divulgou em pesquisa recente que mais de 1,3 milhões de pessoas abandonaram seus planos de saúde. Os dados foram coletados em 2015 e somados com os dados do primeiro trimestre deste ano.

As razões para que esses números não parem de crescer são muitas, segundo Fábio Tiepolo, CEO do aplicativo de medicina humanizadaDocway, devido às altas taxas de desemprego, as pessoas acabam não migrando dos planos de saúde empresariais para os planos individuais e buscam ao Sistema Único de Saúde (SUS), porém ele também não tem dado conta de atender a demanda e acaba sobrecarregado, oferecendo um péssimo atendimento.

“Por conta do aumento do desemprego as pessoas não recontratam planos individuais e migram para o SUS. Atualmente, 25% da população conta com o sistema privado de saúde, deixando os outros 75% para o sistema público que já está sobrecarregado e tende a piorar”, alerta Fábio.

Segundo o IBGE, se no último ano os planos de saúde não foram bem, a percepção dos brasileiros quanto aos serviços do Sistema Único de Saúde,também não. Já que 54% dos entrevistados avaliaram o atendimento como péssimo e 33% como regular. Se os planos de saúde estão muito caros e o SUS não está conseguindo dar conta da demanda, os pacientes tem que procurar outras alternativas que ofereçam melhor atendimento e preço.