X

Bertioga

Oficinas sobre música africana e cultura negra em Bertioga estão com inscrições abertas

Encontros estão marcados para os dias 21 e 22 de novembro, na Casa da Cultura, no Centro

Da Reportagem

Publicado em 19/11/2023 às 12:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Evento ocorre na Casa da Cultura e ideia é que participantes compreendam a influência da música africana no cenário da música mundial / Prefeitura de Bertioga/Divulgação

Bertioga realiza oficinas especiais sobre a cultura negra, nos dias 21 e 22 de novembro. Encontros d’África - aspectos sociais e culturais da música africana acontece das 18h30 às 22h, na Casa da Cultura, localizada à Avenida Tomé de Souza, 130, no Centro. O evento é aberto para pessoas com mais de 16 anos. Os interessados devem se inscrever pelo link: https://bit.ly/encontros_dafrica.

De acordo com a diretora de Cultura de Bertioga, Camila Quelhas, os músicos Alessandro Pikeno e Carlos Ignácio ministrarão as oficinas por meio de histórias, músicas regionais e ritmos africanos. A ideia é que os participantes compreendam a influência da música africana no cenário da música mundial.

O evento acontece em parceria entre a Prefeitura de Bertioga com o Programa Oficinas Culturais, da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, gerenciado pela Poiesis Gestão Cultural.

Sobre os músicos

Alessandro Pikeno é músico e educador no Instituto Favela da Paz. Percussionista autodidata, começou a história com a música aos 11 anos, quando assistia ensaios de grupos de samba na comunidade onde vive, na zona sul de São Paulo. Tocou para vários grupos de pagode e artistas de Rap, e trabalhou com teatro infantil em dois espetáculos junto à Cia de Dança Sou Capaz.

Atualmente é um dos líderes no Instituto Favela da Paz e desenvolve projetos relacionados a aulas de percussão e workshops de música no instituto, integrante da banda Poesia Samba Soul. Trabalha junto à Cia de dança Contemporânea Sansacroma em três espetáculos, além de ser integrante dos grupos de percussão O Som dos Tambores e Mestiçagem.

Carlos Ignácio é um renomado percussionista brasileiro, com turnês no Japão, Argentina e Estados Unidos, acompanhando grandes artistas brasileiros e internacionais. Ele é especialista em canções e ritmos africanos, com participações em teatro, dança, produções musicais, direção musical de vários espetáculos. O profissional também possui uma extensa experiência em processos educativos musicais, oficinas, conferências etc.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Funcionária estuprada em delegacia de Guarujá é afastada do trabalho

Agressor já passou por audiência de custódia e teve a prisão convertida de flagrante para preventiva

Automotor

Novo Mercedes-Benz Classe E estará à venda ainda em fevereiro

O novo Mercedes-Benz Classe E desembarca no Brasil esbanjando luxo, conectividade e desempenho

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter