X

Bertioga

Estudantes da Rede Municipal realizam diversas atividades em maio

O intuito é permitir que os estudantes conheçam aspectos do ecossistema da região e possam vivenciar espaços estruturados na instituição

Da Reportagem

Publicado em 13/05/2017 às 21:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Entre os eventos previstos também está o banho de piscina, que é um momento de lazer para os alunos / Divulgação/PMB

No mês de aniversário da Cidade, os estudantes da Rede Municipal de Ensino foram contemplados com diversas atividades lúdicas fora da sala de aula. Na programação: passeio no Sesc Bertioga, educação ambiental no Viveiro, visitas monitoradas ao Forte São João e com o Barco Escola. Aproximadamente 2 mil alunos participarão dessas ações.

O projeto “A escola vai ao Sesc” é uma parceria do Município, por meio da Secretaria de Educação, alunos do 4o ano do Ensino Fundamental fazem visitas nos períodos da manhã e tarde ao Sesc Bertioga. Os passeios começaram no dia 02 e seguem até o dia 26 de maio. O intuito é permitir que os estudantes conheçam aspectos do ecossistema da região e possam vivenciar espaços estruturados na instituição.

Entre os eventos previstos também está o banho de piscina, que é um momento de lazer para os alunos. Para essa recreação, as crianças são orientadas a levar roupa de banho e toalha. Nos dias chuvosos, participarão de ações em ambientes cobertos. Cerca de 18 escolas serão contempladas com a programação. O transporte dos estudantes é realizado com ônibus escolar do Município.

Visita ao Forte

Entre as atividades comemorativas do mês de aniversário está o projeto “Conhecendo Minha Cidade”, com visita ao Forte São João para alunos do 4o ano da Escola Municipal Genésio Sebastião dos Santos. O objetivo é proporcionar aos estudantes uma interação e conhecimento da diversidade cultural e histórica de Bertioga, desenvolvendo o interesse e curiosidade nos jovens aprendizes. A ida ao monumento será no dia 18, das 13h30 às 16 horas.

A Arca do Saber

Já no passeio com o Barco Escola, os alunos do 5o ano têm a oportunidade de conhecer os tipos de mangue que existem na Cidade, com aula sobre a fauna e a flora desse habitat típico das regiões litorâneas. O projeto acontece em duas etapas, sendo uma na embarcação e outra atividade em sala de aula. Ambos destacam a importância do meio ambiente. A Arca do Saber atenderá cerca de 550 alunos no mês de maio.

Além das crianças da Rede Municipal de Ensino, o Barco Escola também realizará saídas com estudantes da Universidade de Guarulhos, do curso de engenharia ambiental e da Mackenzie da São Paulo, com a turma de biologia, Escola Mogi das Cruzes e Escola Estadual Ablas Filho de Santos. A Arca do Saber tem saídas segundas, terças e quintas.

Educação ambiental

Já no Viveiro Municipal de Plantas “Seo Léo”, os estudantes do Infantil VI e 1o ano do Fundamental aprendem sobre o “Milagre da Polinização” e das árvores nativas, com aulas que abordam a importância das espécies de abelhas nativas para polinização, o papel da Mata Atlântica e alguns aspectos antrópicos (que resultam da ação do homem). Serão atendidas nesse projeto em torno de 200 crianças.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software