Bertioga é a primeira a lançar sistema de aprovações de obras particulares digitalmente

A partir do dia 1º de março o município implantará o procedimento digital para aprovação de projetos de edificações e alvarás

Comentar
Compartilhar
27 FEV 2021Por Da Reportagem09h00
Além de modernizar o serviço, a inovação também contribui na preservação do meio ambiente, pois não será necessário imprimir documentosAlém de modernizar o serviço, a inovação também contribui na preservação do meio ambiente, pois não será necessário imprimir documentosFoto: Divulgação/PMB

A prefeitura de Bertioga apresenta na segunda-feira (1º) a plataforma para aprovação digital de projetos de obras particulares. O lançamento acontece às 19 horas na Associação dos Engenheiros Arquitetos e Agrônomos de Bertioga (AEAAB), localizada à Rua Ayrton Senna da Silva, 141.

A partir do dia 1º de março o município implantará o procedimento digital para aprovação de projetos de edificações e alvarás. A tramitação dos projetos será realizada através de uma plataforma digital. Os munícipes não precisarão sair de casa e nenhuma folha de papel será impressa. Serão 30 dias para adaptação e os profissionais receberão treinamento.

A tramitação dos projetos de construção, unificação, regularização, conservação, demolição e ampliação da área existente, com ou sem reforma, será realizada através de plataforma digital. De acordo com o secretário de Planejamento Urbano, Renato Losada, para facilitar a transição, os profissionais receberão treinamento com a colaboração da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bertioga. "O sistema é intuitivo, sendo muito simples dos usuários aprenderem, além de contar com vídeos explicativos e ajuda on-line para qualquer dúvida que possa surgir", explica.

Segundo Losada, a empresa responsável, a AprovaDigital, atua em mais de 23 municípios. "Agora a população de Bertioga também poderá contar com esse importante avanço, sendo a primeira cidade da Baixada Santista a instalar essa tecnologia", diz.

De acordo com a diretora do departamento de Obras Particulares, Giuliana Bizzarro, o objetivo da novidade é modernizar e informatizar o serviço público. "A mudança gera mais agilidade para a aprovação e economia nos procedimentos administrativos e, consequentemente, valoriza os profissionais de engenharia e arquitetura, cujos projetos dependem de análise e aprovação da secretaria de Planejamento Urbano" esclarece.

Além de modernizar o serviço, a inovação também contribui na preservação do meio ambiente, pois não será necessário imprimir documentos. "O responsável técnico fará a inserção de informações a respeito do projeto e apresentará os documentos de forma digital. Autorizações do meio ambiente e taxas também serão disponibilizadas no sistema", afirma o chefe de Fiscalização de Obras Particulares, Douglas Bluhu.

"A entrada do AprovaDigital na Prefeitura de Bertioga vai trazer economia para os cofres públicos, pois as impressões de papel não serão mais necessárias e também melhora o dia a dia dos servidores públicos, que não terão mais pilhas de papel nas suas mesas e poderão analisar tudo rapidamente pelo computador. Economiza-se dinheiro e tempo na prefeitura. Bertioga viverá uma nova experiência na aprovação de obras particulares e, de quebra, se tornará uma cidade mais sustentável e que passa a pensar ainda mais no bem-estar dos servidores e cidadãos", analisa Marco Zanatta, CEO do AprovaDigital.

Mais melhorias

A secretaria de Planejamento Urbano está trabalhando em busca de melhorias e atualizações tanto na estrutura física da secretaria, como nos procedimentos. Foi realizada reforma nas instalações, criando um espaço exclusivo para atender os profissionais - a Sala do Profissional, com equipamentos de informática novos, e agora, com a aprovação de processos digitais. O secretário da pasta enfatiza que essas atualizações visam melhorar o ambiente de trabalho para os servidores e aperfeiçoar o atendimento ao cidadão.