Tenente Coimbra - São Paulo precisa investir em segurança

Cuidar da segurança pública é uma missão que escolhi para a vida. E deveria ser a missão de todos os governantes.

Comentar
Compartilhar
15 OUT 2020Por Artigo06h50
Foto: DIVULGAÇÃO

Todo mundo conhece alguém que já foi vítima dos bandidos. Poder andar nas ruas do nosso estado sem medo é um sonho que muita gente ainda considera impossível. Os criminosos estão cada vez mais audaciosos, usando armas mais sofisticadas e contam com a sensação de impunidade para cometer crimes livremente. 

Não é à toa que a segurança pública é um grande desafio dos governos. Combater a criminalidade requer investimentos, mas também uma boa dose de vontade política: é preciso planejamento e incentivar o uso de tecnologias para incrementar a inteligência das forças policiais, sejam elas em nível municipal, estadual ou federal. 

Não é um assunto que possa ser tratado em segundo plano, é indispensável comprometimento em garantir que todos se sintam seguros. E, nesse cenário, precisamos que todos os poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, caminhem na mesma direção. Só assim poderemos derrotar o crime organizado. 

Os investimentos têm que ser permanentes: nossa polícia deve ter as melhores armas e todos os equipamentos necessários para que possam desempenhar sua função com eficácia e segurança. Mas o que vemos nas ruas são policiais armados com pistolas enfrentando bandidos com fuzis e outras armas de maior poder de destruição. 

É extremamente injusto pedir que eles arrisquem a vida diariamente sem os equipamentos necessários, em pé de desigualdade, e recebendo um dos piores salários pagos à polícia no Brasil. Além disso, têm que lutar contra a sensação de impunidade que, em muitos casos, coloca nas ruas criminosos que deveriam estar cumprindo pena. 

O Estado não está colaborando em nada para melhorar as condições de trabalho e para avançar no combate ao crime. Outro problema grave é a falta de profissionais em todas as carreiras, gerando a sobrecarga e lentidão no andamento e conclusão de investigações. Como numa bola de neve, a demora para investigar e punir aumenta a sensação de impunidade, o que é o motor da criminalidade. 

Tudo isso precisa mudar. O povo de São Paulo já foi penalizado demais. O governador João Doria precisa cumprir suas promessas, aumentar o salário e repor o quadro de servidores, além de investir em armamentos, equipamentos e tecnologias. 

Como parlamentar, uso todos os recursos disponíveis para ajudar a melhorar o combate à criminalidade: solicitei a liberação de viaturas, drones, fuzis, coletes à prova de balas e outros equipamentos para reforçar as polícias de várias regiões e mobilizei esforços para cobrar o governo sobre a contratação de profissionais e a melhoria salarial. Cuidar da segurança pública é uma missão que escolhi para a vida. E deveria ser a missão de todos os governantes.

Tenente Coimbra, deputado estadual