Tenente Coimbra: Parlamentares fiscalizam gastos do Governo durante a pandemia

Nosso maior objetivo é prestar contas aos contribuintes de São Paulo dos gastos públicos com transparência e respeito

Comentar
Compartilhar
16 JUN 2020Por Da Reportagem14h35
Foto: DIVULGAÇÃO

Por Tenente Coimbra

Nove deputados estaduais se uniram com a missão de fiscalizar os atos do Executivo e garantir para que o dinheiro público, que vem dos impostos que todos pagamos, seja aplicado de forma honesta para beneficiar toda população. O Grupo Parlamentares em Defesa do Orçamento (PDO), formado por mim e pelos colegas de Alesp Sargento Neri; Márcio Nakashima; Coronel Telhada; Adriana Borgo; Letícia Aguiar; Coronel Nishikawa; Ed Thomas e Conte Lopes, vem realizando durante a pandemia do novo coronavírus um importante trabalho de fiscalização em hospitais públicos e de contratos em caráter emergencial para compra de todo e qualquer equipamento necessário ao enfrentamento da doença. 

Nosso maior objetivo é prestar contas aos contribuintes de São Paulo dos gastos públicos com transparência e respeito. Para isso, fazemos vistorias em hospitais que atendem pacientes de Covid-19 sem aviso prévio, obedecendo as regras sanitárias vigentes, com uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequado para garantir que não haja contaminação do local visitado, dos profissionais de saúde, pacientes e dos próprios parlamentares. 

Na semana passada, estivemos no Hospital de Campanha de Heliópolis implantado no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Barradas, na capital paulista. Em nossa vistoria, constatamos que 125 leitos dos 200 leitos estão ocupados e não encontramos irregularidades. 

Mas em outras ações do grupo foram identificados vários problemas. Em maio, o PDO esteve no Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha e confirmou denúncias de falta de EPI e de testes sorológicos para o mapeamento da saúde dos profissionais que trabalham ali. 

Em outra ação, o grupo foi verificar in loco supostas irregularidades na compra de aventais descartáveis pelo Governo, um contrato de R$ 14 milhões. O PDO foi ao endereço onde deveria funcionar a sede da empresa que forneceria os aventais, mas descobriu que ali se localizava a casa de um empresário que atua no ramo de edição de livros. Por conta desta fiscalização, ingressamos com uma representação no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, solicitando a apuração de possíveis irregularidades. 

O trabalho desenvolvido pelo PDO é importante também para garantir que os servidores do Estado tenham todos os equipamentos necessários para que possam trabalhar de forma segura.  E você também pode ajudar a fiscalizar os atos do Executivo. Se tem alguma denúncia e quer que ela seja apurada, entre em contato com o nosso gabinete, por meio das redes sociais, que fiscalizaremos! Os endereços de contato são instagram.com/tenente_coimbra/ ; twitter.com/Tenente_Coimbra e facebook.com/TenenteCoimbra

Tenente Coimbra, deputado estadual