Rosana Valle - Portas abertas

Não estou amarrada a nenhuma cartilha que tenta condicionar as ações do deputado a determinadas correntes de pensamento

Comentar
Compartilhar
02 MAR 2021Por Artigo06h45
Rosana Valle, deputada federalRosana Valle, deputada federalFoto: DIVULGAÇÃO

Estou cumprindo um roteiro de reuniões com os prefeitos eleitos da Baixada Santista e Vale do Ribeira. Entendo que é papel do deputado federal, que representa uma região, se colocar à disposição dos prefeitos das cidades onde a população depositou confiança no parlamentar. 

Como recebi votos em todas as cidades da Baixada Santista e do Vale do Ribeira, tenho, sim, que ajudar os prefeitos destes municípios. Faço isso com satisfação e deixo claro aos prefeitos que minha atuação não depende do partido a que pertencem.

Também faço questão de me colocar à disposição dos vereadores de todas as cidades. Tenho recebido diariamente vereadores da região, que me trazem reivindicações justas, fruto dos pedidos da população. Da mesma forma atendo sindicalistas, entidades, profissionais e moradores que me contatam pelas redes sociais. Estou sempre de portas abertas.

Em todos os casos, o que menos importa nas audiências é a linha política ou ideológica das pessoas ou autoridades que atendo. Sempre deixo claro que não estou presa a dogmas ou preceitos ideológicos. Não estou amarrada a nenhuma cartilha que tenta condicionar as ações do deputado a determinadas correntes de pensamento.

Meu compromisso direto é com a população das cidades da região. Por isso, estou engajada nas lutas justas para as quais me convocaram. 

Busco ajuda do presidente da República, do governador, dos ministros, dos secretários de Estado, de quem for preciso. Se uns não me atendem da forma que espero, por motivos políticos, não me abalo. Continuo cobrando. Insisto e insisto novamente até conseguir. Não desisto. 

Assim, digo, por exemplo, que não vou desistir de lutar pela extensão do VLT para a Área Continental de São Vicente e dali para o Litoral Sul. Não vou abrir mão do túnel Santos-Guarujá; dos aeroportos de Guarujá e Praia Grande; do novo viaduto da Curva do S; da recuperação do Centro Histórico de Santos; da instalação das comportas nos canais e diques de São Vicente; da vacinação de toda a população regional contra a Covid-19; da luta pela maior participação das mulheres na política e no mercado de trabalho.

Enfim, não desistirei jamais de tantas outras lutas e pedidos que me trazem todos os dias. Consegui muita coisa. Foram mais de R$ 330 milhões para a região, como a reforma da Ponte dos Barreiros; as obras nos conjuntos Tancredo Neves e Cantagalo, obras nos morros, entre outras conquistas. Quando não consigo rápido como gostaria, continuo insistindo. Este é meu papel. Este é meu compromisso. Aos que querem que eu desanime, aviso logo que não nasci para desistir. Nasci para lutar.

Rosana Valle, deputada federal