Rosana Valle - Morros de São Vicente precisam de obras de contenção com urgência

Os deslizamentos nos morros dos Barbosas e Parque Prainha representam risco às pessoas que passam diariamente pelas avenidas Getúlio Vargas e Saturnino de Brito

Comentar
Compartilhar
04 AGO 2020Por Da Reportagem07h07
Foto: DIVULGAÇÃO

Na semana passada tive atendido meu pedido feito à Secretaria Nacional de Defesa Civil para a liberação de recursos para recuperação das encostas nos morros São Bento e Monte Serrat, em Santos. 

Recebi a confirmação, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, que conseguimos R$ 2 milhões e 886 mil para obras nas áreas expostas, que foram afetadas nas chuvas de março.

Na sequência recebi informações que o pedido de São Vicente para recuperação de encostas nos morros do Parque Prainha e Barbosas ainda não havia sido atendido. 

A própria Prefeitura de São Vicente informou que questões técnicas nos pedidos encaminhados estavam sendo ajustadas para que a Cidade pudesse realizar as obras necessárias. 

Fiz então um pedido direto ao secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas, para que nos ajudasse com os processos de São Vicente. A Cidade precisa dos recursos e das autorizações para as obras de contenção nas encostas dos morros atingidos pelas chuvas torrenciais do dia 3 de março deste ano. 

Os deslizamentos nos morros dos Barbosas e Parque Prainha representam risco às pessoas que passam diariamente pelas avenidas Getúlio Vargas e Saturnino de Brito, situadas ao longo destas elevações. 

As encostas estão expostas, com claros sinais de iminentes deslizamentos, afetando, além dos frequentadores destes locais, os moradores das residências próximas ameaçadas. 

No Parque Prainha os deslizamentos podem vir a isolar o acesso a uma tribo de índios guaranis; ao Parque Estadual Xixová-Japuí e aos moradores ao longo da Avenida Saturnino de Brito. O mesmo acontece no acesso ao Morro dos Barbosas, na face voltada para a Rua do Colégio.

Os pedidos para as obras foram encaminhados e estão sob a análise dos engenheiros da Defesa Civil Nacional, segundo informou a secretária-adjunta do Meio Ambiente de São Vicente, Silmara Oliveira Casadei. 

O secretário Nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas, tem sido muito atencioso com nossos pleitos. Sempre retorna aos nossos telefonemas e participa de reuniões virtuais para nos atender.

Soube agora que ele já entrou em contato com a Prefeitura de São Vicente, após meu último ofício, para  tratar das correções que precisam ser feitas na  documentação enviada pela Prefeitura.   

Espero que tudo dê certo para que os trechos afetados no Morro dos Barbosas e no Parque Prainha recebam logo as obras de estabilização das encostas. 

Afinal, alem dos moradores, muita gente passa diariamente ao lado dos morros a pé, de bicicleta e de carro. E todos correm risco porque as encostas podem deslizar novamente, com sérias consequências.