Deputado preso tem pouco apoio

O Guri do Planalto informa tudo que acontece Direto de Brasília

Comentar
Compartilhar
21 FEV 2021Por Artigo15h05
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Por Guri do Planalto, da Gazeta de S. Paulo

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se manifestou acerca da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Nem mesmo ministros ou membros do governo prestaram solidariedade ao deputado. Da família Bolsonaro apenas Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se manifestou dizendo que votaria contrário à manutenção da prisão, mas sem declarar qualquer apoio a Daniel. A postura do presidente, de seus ministros e familiares foi considerada “decepcionante” por parlamentares apoiadores de Bolsonaro e amigos de Daniel Silveira. Um deputado disse: “O presidente diz que não se deixa soldado para trás, mas agora deixou o Daniel sozinho”.

Indignado.
Pessoas ligadas ao deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) revelaram que o parlamentar ficou possesso de raiva depois que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), tirou ele da relatoria do caso Daniel Silveira.

Voto sim.
O parlamentar já havia, antes de aceitar essa função no processo, declarado em manter a prisão de Silveira. Até mesmo a base aliada, em off, rifou ele, pois o consideram um “deputado fora do círculo”.

Novos expulsos.
O PSL em São Paulo deve formalizar a expulsão dos deputados estaduais Frederico D’avila e Castelo Branco - o motivo seria infidelidade partidária. Os próximos na lista devem ser a deputada estadual Leticia Aguiar e o deputado estadual Mecca.

Mourão isolado.
Cada vez mais isolado por Bolsonaro, o vice-presidente presidente, General Mourão, já pensa em seu futuro político. A ideia do general é disputar o cargo de governador no Rio Grande do Sul, e outra possibilidade seria o Senado Federal, mas aliados veem com dificuldade essa possibilidade em razão dos fortes candidatos para a única vaga de senador no próximo ano.

Mudança.
Já para o lugar de Mourão, Bolsonaro começa a ver com bons olhos a possibilidade do hoje ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, ser seu candidato a vice-presidente. Tarcísio é um dos ministros mais bem avaliados da Esplanada dos Ministérios.

Pauta da semana.
Na reunião de líderes do Senado ficaram marcadas algumas votações importantes a serem apreciadas por agora. Entre elas, o PL 3477/20 que trata da internet para as escolas, o PLP 146/19 que institui o marco legal das startups e do empreendedorismo inovador, e a PEC Emergencial que destina subsídios para os mais vulneráveis.

“O Plenário é quem decidirá com tranquilidade. A independência entre os Poderes preconiza isso”
Arthur Lira, presidente da Câmara, afirmando que não há crise entre os Poderes no caso do deputado Daniel Silveira.